Passe a palavra? Partilhe?

969201_383243238448878_383805132_n

http://on.fb.me/16wHXYn

Passar a palavra? Partilhar? Com certeza, mas sem grande entusiasmo. Contudo, é importante dar-se a conhecer esta cacografia que actualmente se adopta em Portugal. Escreve-se *’direto’ e ‘Junho’ e tudo continua como dantes. Nem uma coisa, nem outra: a mistela do costume. Divulgado e partilhado está: siga.

Post scriptumNo JN já sou obrigado a escrever de acordo com o acordo ortográfico“. Rui Moreira foi obrigado a…?  A sério? Ah! Está bem. O Jornal de Notícias?

Projectando o presente, chegaremos a essa fase em que, teoricamente, passaríamos a financiar-nos no mercado, com uma dívida pública colossal, as famílias angustiadas, as empresas exangues e um país dividido. Não são boas as perspectivas.

(…)

Será o Governo, na sua actual configuração, capaz de conduzir o país nesta recta final até o pós-troika? Duvido.

Alberto Castro, Jornal de Notícias, 28 de Maio de 2013

Comments

  1. luiscoelho says:

    Eu não duvido que se estes fulanos prosseguirem no governo e com a mesma politica, isto deixa de ser um país e passa a ser um buraco infinito!


  2. O Porto Canal não usa o novo acordo ortogáfico.

  3. chikovapessonha says:

    Os “canais” no Porto não tinham falido ?? falta de visual ou coisa assim ?!!

Trackbacks


  1. […] Em 2013, Rui Moreira dizia «No JN, já sou obrigado a escrever de acordo com o acordo ortográfico». Em 2018, continuamos a ler no JN «o autor escreve segundo a antiga ortografia». Isto anda tudo ligado. […]

Deixar uma resposta