Solidário com Cavaco

Estando eu em greve, é natural que me sinta ainda mais solidário com todos aqueles que desejem exercer esse mesmo direito. Como todos sabem, Cavaco Silva está em greve no que respeita às suas funções como Presidente da República, desde que o actual governo tomou posse. Não sei se o faz por não concordar com as reduções que a sua parca reforma sofreu, mas não me passa pela cabeça que qualquer outro cidadão, incluindo o Presidente da República, possa ter menos direitos do que eu.

É por isso que me vejo obrigado a concordar com a multa aplicada a um cidadão que mandou Cavaco Silva trabalhar, desrespeitando, assim, o direito à greve do mais alto funcionário público da nação.

Fico, entretanto, à espera que Passos Coelho e Nuno Crato sofram um castigo semelhante, uma vez que, nos últimos tempos, têm dirigido aos professores a mesma mensagem indecorosa. Faça-se justiça!

Comments


  1. Nem por brincadeira jamais poderia ser solidário ,
    com o Cavaco , a mais sinistra figura da cena
    política portucalense .
    Fui infelizmrnte o indivíduo que mais apoiou o
    PSD no tempo do sinisitríssimo cavaquismo que
    me colocou na miséria .
    Nem agradecimentos tive , pelo meu enorme
    trabalho , que alguém fez por Partido algum .
    Fui perseguido pelo PSD e Câmara Estalinista
    de Almada , para me colocarem na ruína .
    O Cavaco deve-me milhares de euros e quando
    lhe escrevo para me pagar , faz-se despercebido.
    É um ditador , um tirano como sempre disse .
    Ele sempre defendeu a Corrupção Bancária e
    julga-se um ser superior , quando é um incompe-
    tente e um cobarde . É extremamente FALSO .
    Os professores não podem contar com ele , por-
    que na óptica dele são considerados menores .

  2. Isabel says:

    Achas que lhe descontam no vencimento os dias??? os meses…

  3. adelinoferreira says:

    Vou tentar elevar o debate! Se a coisa não funcionar,
    paciência.
    AFN pede uma pena demasiado pequena para o
    Coelho e para o chato que colabora na destruição
    da ESCOLA PUBLICA.

  4. John Silva says:

    Ora pois a Nabiça tá em greve! Pelos seus direitos tá claro, os burgueses tão-se a ver de cú apertado, a «economia» já não lhes reconhece valor, solução: greve! é de gente esperta… E ciumentos que ficam com o Cavaquinho por estar este na posição que almejam: reformado milionário! e ainda há quem lhe chame professor… Tempo que já não volta a ser!

    • António Fernando Nabais says:

      É isso, sua maluca! E olha que o “cu” serve para poisar no assento, mas não precisa de acento, querida.

      • John Silva says:

        É isso, no calão também há regras ortográficas. E pelos mimos com que me brindou suponho que a si não lhe sirva só de assento…

        • António Fernando Nabais says:

          Ó riquezas do seu aventador, não fiques preocupada com o uso que dou àquilo que é minha propriedade. Quando conseguires tirar da cabeça a mesma matéria que me sai do recto, vais ver que consegues ser educadinha e acentuar as palavrinhas, sim?


          • 🙂 Impagável!

          • John Silva says:

            O facto de uma frustrada de 40/50 anos lhe elogiar o discurso diz muito da sua prosa…

            Bem haja!

            Já se promete «piça/picha»?! Que categoria Aventar!!!


        • Ó caro John, esteja a vontade para me insultar. Pode crer que é para o lado que durmo melhor!

          Agora, que como seu comentário, deixou ainda mais patente e resplandecente a mestria com que o Nabais usa a língua portuguesa, lá isso deixou!


          • Correcção: “… com o seu…” e não “como”.

          • António Fernando Nabais says:

            Isabel, deixe-me aproveitar, mais uma vez, para elogiar o civismo e a elevação com que frequenta as caixas de comentários do Aventar. Escrevo-o, realçando que discordamos com alguma frequência. Muito obrigado pelas suas lições, mesmo que eu não seja o seu melhor aluno.


          • Caro Nabais, se alguém deve agradecer a alguém, serei eu a si pelo muito que consigo tenho aprendido! E, mesmo que frequentemente discordemos, é sempre um gosto argumentar com pessoas educadas, cultas e sobretudo respeitadoras do seu semelhante, tal como o é o Nabais. Por tudo isso, estou-lhe grata!

            Aliás, já que estamos em plena troca de galhardetes, gostaria que ficasse registado que todos os Aventadores, sem excepção, e independentemente de concordarem ou discordarem das minhas opiniões, sempre foram correctos e educados comigo. E, mesmo que eu discorde dos seus pontos de vista, nutro por todos um grande respeito e, poderei até dizer, uma saudável amizade virtual!

            Resumindo, caro Nabais, sou eu que lhes agradeço, a todos, o facto de me permitirem aprender convosco a ser uma pessoa melhor!

        • António Fernando Nabais says:

          John Silva, filha, vai passando por aqui, porque, de tanto leres os comentários da Isabel, pode ser que te faças um homenzinho.

          • John Silva says:

            Essa vossa troca de mimos foi tocante… Isabel escorre mosto em antecipação da nabiça de Nabais.

            Referir-se a mim no feminino é uma projecção feudiana que pode indiciar algum desequilíbrio não resolvido na adolescencia.

            Compreendo que nem sempre em especimens masculinos o centro de prazer ocorre através do falo. É habitual entre os bonobos a femêa introduzir os dedos no orifício anal masculino.

            Pela capacidade verbal por si revelada, acredito que esta prática também se lhe possa ser aplicada com os mesmos resultados que se verificam entre os bonobos, pois detenho entre vós apenas algumas diferenças de grau e não de género.

            Sei que gostaria de poder contar com um contraditório mais viril que as fatuidades habituais e terei em atenção futuras alarvidades por si vomitadas, mas reservo-me face à pobreza franciscana da maioria dos vossos textos.


    • Estás a ver Fernando? O anónimo o que quer mesmo é piça (há quem escreva picha, mas desconfio que não lhe ia saber ao mesmo).

  5. adelinoferreira says:

    AFN sempre que está acordado, está sempre a dar
    aulas. A ele o Crato não pode exigir mais tempo
    de serviço. A resposta argumentativa ao Jonhn Silva,
    está ao nivel do que nos habituou.

Trackbacks


  1. […] A notícia do dia consiste no facto de que Cavaco Silva, finalmente, acertou, o que é tão raro que deve ser destacado: enviou as condolências ao povo sul-africano pela morte de Mandela. Já não é, de qualquer modo, a primeira vez que manifesto a minha solidariedade com Cavaco. […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.