De regresso ao Estado Novo?

Prepotências, métodos tortuosos e embustes deste governo não se afastam dos padrões de dirigismo e das acções políticas características do Estado Novo. O mais grave e inquietante da citada postura é notório na comunicação, em certas deliberações e eventos de iniciativa da coligação governativa. O fenómeno intensifica-se a um ritmo progressivo. Sinto-me a viver o período do maior desassossego antidemocrático do regime pós-25 de Abril, PREC incluído.

Gaspar justifica a quebra do PIB com a chuva. Quem nos governa ousa desrespeitar as deliberações do Tribunal Constitucional e a lei em vigor ao tempo do acórdão, pagando fora do prazo subsídios de férias da função pública. Começou por invocar uma falsa insuficiência de meios.

Vencidos no campo das relações laborais e do direito à greve dos professores, a despeito de contrariarem o Colégio Arbitral que reprovou a hipótese de requisição civil, recorrem ao Júri Nacional de Exames para requisitar administrativamente a presença de todos os professores nas escolas, na próxima 2.ª feira, dia 17, a fim de fazerem a vigilância dos exames.

Pretendem as eleições autárquicas em 22 ou 29 de Setembro, realizadas há anos no mês de Outubro – é o desejo de evitar debates eleitorais em período de apresentação da proposta do OGE para 2014 e ainda o receio de penalização nas urnas, em função de desfavoráveis resultados da execução orçamental no final do 3.º T do ano.

Tudo é capcioso, repugnante e liberta odores do Estado Novo. Os regimes autocráticos ou apenas tendencialmente autocráticos assentam em servidores fiéis, naturalmente privilegiados. Do grupo dos protegidos, cito Maria Luís Albuquerque, Secretária do Estado do Tesouro e directora financeira da Refer entre 2001 e 2007.

De imagem cândida, Luís Albuquerque passou incólume na operação por si realizada de swaps tóxicos, causadores de avultados prejuízos para o Estado. A consultora por ela contratada, Stormharbou, recomendou a liquidação dos dois produtos financeiros ‘complexos’ da Refer. A Albuquerque, em desrespeito pela ética própria do exercício de cargos públicos, é o membro do governo mandatado para dirigir as negociações com os bancos envolvidos nas operações swaps com empresas públicas, geradoras, como se sabe, de cerca de 2.800 milhões de euros de prejuízos para os cofres do Estado e com implicações no chamado perímetro orçamental (OGE), ou seja no deficit orçamental – é uma das autoras do mal, repita-se.

Os episódios e deliberações relatados, bem como os respectivos autores são, na realidade, mais do que excrescências, revestidas do risco de, passo a passo, se converterem em material de regresso ao Estado Novo, segundo protótipo actualizado aos tempos hodiernos.

É o desfecho de um presidente, de um governo e de uma maioria por que a direita lutou anos a fio.

Comments


  1. Só agora é que deu conta que vivemos em ditadura? Hmm, é estranho.

  2. Carlos Fonseca says:

    Já dei conta há muito mais tempo. Porém, as coisas vão-se agravando em ritmo cada vez mais acelerado. E o que faz falta é avisar a malta, como dizia o saudoso Zeca.

  3. João António says:

    Já experimentou ver essa realidade também do ponto de vista das autarquias?, em especial da de Lisboa? é que tudo o que tem a ver com o Manuel Salgado (actual presidente da CML) e o seu adjunto (António Costa), simplesmente não tem eco nos jornais, sai on-line, apenas em alguns OCS, de forma quase que envergonhada e a pedir de desculpa. Parece existir um sinistro manto de silêncio, dizem que é assim porque existe um acordo PS-BE-PCP, para apoiar a reeleição do Manuel Salgado para a CML e do António Costa para o que ele quiser… Financiado pelo património da EPUL que caíu finalmente nas mãos da CML. Imagino que noutras Câmaras será semelhante. O lápis azul está em funcionamento. Junte às suas observações, por favor!!!

    • Carlos Fonseca says:

      Estou a centrar-me nos desmandos do Governo Central que se multiplicam dia-a-dia. De resto esse mesmo governo em 2012 roubou a reformados, pensionistas e fp milhões de euros. Este ano vai pelo mesmo e, de mal a pior, mente, é autoritário e tem as costas quentes por inferiorizado mental chamado Cavaco.
      Vivo em Lisboa e no Alentejo (15 dias/mês em cada lado) e se quer que lhe diga o Costa até reduziu o IMI, como, de resto, a Câmara Municipal de Ponte de Sôr.
      Apercebo-me que ficou incomodado com as críticas ao governo. Paciência. Eu fiquei e fico incomodado com quem rouba os cidadãos e promove a fome a pobreza, a miséria dos sem-abrigo e a fome de milhares de crianças nas escolas.


  4. Ainda está gente de férias em Setembro, o tempo está mau agora, portanto Setempro vai estar muito bom tempo, por isso eles já estão a ver que a malta não se vai apresentar em massa, e os que vão votar, é nos mesmos do costume.

  5. Fernando says:

    Estado Novo e mais além!

    Repressão económica-financeira, repressão mediática, expiação hi-tech, e uma boa dose de “politicamente correcto” para calar quem lhes faz frente!

    Portugal está podre!
    A Europa tomada por tecnocratas que limpam o rabo às constituições!
    O Ocidente colapsa um pouco todos os dias, resultado de elites degeneradas, muita hipocrisia, e uma larga porção da população que não tem noção do espaço e do tempo!

    E apesar disto tudo, continua a não existir alternativa à Liberdade do Ocidente, não confundir com a “liberdade” que as abjectas elites politico-financeiras nos têm vendido, falo da Liberdade pela qual muitos foram trucidados…

  6. João António says:

    Expliquei-me mal… não me incomodaram as críticas ao governo que acho justissímas e com as quais concordo… a podridão é que é tão grande e tão generalizada que as pessoas, por vezes já confundem manobras políticas com boas práticas e recusam-se a ver toda a realidade… o que, na minha perspectiva também não é solução… como uma andorinha não faz a primavera, apenas pedi a sua atenção, não neste comentário já que o tema não é este, mas de futuro, quando se debruçar sobre a restante realidade social que a corrupção e os negócios não têm uma só cara… O seu artigo está muito bom e nem me passou pela cabeça contestá-lo…. estava apenas a querer olhar mais longe… estou mais do lado do comentário do Fernando Não faço distinções entre os bons e os maus ladrões. Bons artigos… continue com isenção, coragem e personalidade…

    • Carlos Fonseca says:

      Entendi, mas acho que António Costa, para melhor, está muito acima de Passos, Gaspar ou Portas em termos de qualidade política. Ainda se fosse o Seguro e a sua equipa, político de baixa qualidade e homem cuja vaidade fará ceder à pressão de grupos económicos ou mesmo a Portas ou mesmo a um PSD que seja tudo, como actualmente, menos social-democrata.
      Não sou filiado em qualquer partido, nem sequer simpatizante. Uma ou outra vez concordo com tomadas de posição isoladas ou com políticos que julgo honestos.
      Na vida democrática é assim, as opiniões dos cidadãos não coincidem. E, por vezes, variam. Também na 1.ª eleição entusiasmei-me com Obama e na 2.ª não tomei posição.
      O mundo é dirigido por homens de terceira qualidade. Em massa, na Europa, EUA e China dominam gente incapaz.

      • João António says:

        No dizer de um antigo português. “Numa certa política, a honestidade é um atributo daqueles de quem não se conhecem os crimes que cometeram” :). Eu nesta coisa de corrupção não distingo entre os maus e os menos maus, senão às tantas dava por mim a votar no Isaltino… Ele rouba… mas faz…
        Quanto ao Seguro começo a pensar que não deve ser parvo nenhum, e começo a ter dúvidas também se as notícias que são postas a circular não são as campanhas do costume para tirar uns e pôr outros que é o que está na moda… lá que tem resistido bem.. ninguém consegue negar…

  7. celesteramos.36@gmail.com, says:

    Bem parece que uma forma renovada actualizada e mais sofisticada de nazismo cai sobre a europa – de que istanbul até é um bom exemplo “incendiário” – não há o Index nem a Pide – não é preciso – há formas derivadas – a história da data dos exames das Escolas que o digam – e até já com ameaças – não é neo-nazismo então o que é ?? – não batem calcanhares batem doutra forma

  8. celesteramos.36@gmail.com, says:

    A entrevista de Paulo Morais à sic mesmo há bocadinho espero que não lhe deem uma estalada – nomeou os bichos pelos nomes e casos mais do que concretos e os que vem aí – e disse que é o país mais corruto da europa – obrigada – já sabemos – mas a europa é mais encapotada mais “evoluidamente” – Bem turismo religioso e gente na Estrada de Santiago 25 mil pessoas e até uma cadelinha desde Ponte de Lima – Quem foi o ministro da Educação francês creio que do tempo de D’Éstaing que disse que no sec XXI o homem será mais profundamente religioso ou não será de todo – 25 mil run«mam a Santiago e dá lucros à região com a sua passagem – Pulseira “estou aqui” para as mamãs não perderem os seus meninos bébés que sem se dar por isso se perdem derepentemente e a policia que os encontra não sabendo quem é na pulseira tem dados da criança e contacto (como já hoje há nos cães aliás) – boa – PR no Parlamento europeu acha que o FMI devia deixar a troika e eu acho que devia ter vergonha do que disse de que um alta % lhe pertence pela sua incrível ignorância com que exerce o cargo que lhe deram – etc – nem dá para o ouvir e mastigar as sílabas como qualquer anormal – como não tem originalidade em nada parece imitar a forma de falar daquele senhor careca do CDS que até soluça em cada local onde devia estar a virgula – FMI dá luz verde à 7ª avaliação – quem irá comer esta fatiazinha ?? 658 milhões de euros – estamos em época de “exame” dos meninos de escola e do governo pelo FMI – subsídio de férias só lá para mais tarde mas não em junho porque não há lei que o habilite diz Passos – tribunal constitucional obrigou a este pagamento – trapalhices de quem faz o que quer e manda – Açores paga sub férias em julho – mas não fala nas vendas que fez a dilma rousseff – saberemos depois de feita a transacção – José Abraão diz que é uma atitude ilegal – vivo num país com tanta ilegalidade que se tornou ilegal

  9. celesteramos.36@gmail.com, says:

    2ªfeira começará a greve dos professores e Crato ameaça com convocação de todos os professores para vigiar exames e condena sindicado e haverá requisição civil – bem a temperatura sobe – Cavaco apela ao dialogo e condena a data escolhida para a greve e condói-se pelos alunos – exames 4º ano com 47% de negativas a português e 36% a matemática – média final de português negativa e Crato não está satisfeito e vai criar apoio especial a começar para a semana – leitura e escrita 66% negativas – o governo é que devia ter esta nora embora seja triste nada se aprender e gostava de saber porquê pois os meninos não nascem anormais – Clientes multitarifas de erros nos Contadores – ainda não vi nada de me devolverem o que me roubaram – Noronha do Nascimento reformou-se 6 meses antes de completar o tempo e meteu-se em “escutas” entre o “grandes
    USA bate mais um record com um senhor com mais de 329 crimes – o homem de Cleaveland “o monstro” Ariel Castro – Paris Jackson tentou suicídio em overdose – tem 15 anos – Futebolista vitima de carjacking em Torres Vedras – e USA analisa quarto de Jackson – Toni operado – 115 mil professores convocados para exames – o homem mais velho do mundo e a TV grega fechada quendo começava a dar lucro – Crato baralha alunos do 12ª + o descalabro dos exames do 4º ano – mas que boas notícias

  10. João António says:

    oram vejam os detalhes do que dizia no início. Será que quem faz esta não faz outras iguais???

    http://queosilenciodosjustosnaomateinocentes.blogspot.pt/2013/06/epul.html?spref=fb

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.