A Psicóloga Cristã


maria_jesus_vilac%cc%a7a

“Mas, ao mesmo tempo, como acolher os homossexuais?
A psicóloga acompanha famílias e pais e salienta que para aceitar o filho não é preciso aceitar a homossexualidade.
«Eu aceito o meu filho, amo-o se calhar até mais, porque sei que ele vive de uma forma que eu sei que não é natural e que o faz sofrer.
É como ter um filho toxicodependente, não vou dizer que é bom.»

in Família Cristã. A sério?

Comments

  1. Konigvs says:

    O que faz sofrer e não é natural, é não sermos aceites cmo somos. E esta gentalha, que afirma “amar o próximo como a si mesmo” mais não faz que impor aos outros aquilo que acha que é certo ou errado. Até uma cadela vadia ou qualquer outro animal aceita e cuida dos seus filhos sejam eles como forem.
    Mas tendo em conta que a seita Católica ainda há pouco tempo, por exemplo, queimava todos aqueles que tinham a infelicidade de nascer ruivos… estamos conversados sobre a máxima cristã.

    E é por estas e por outras, que não terá sido à toa que, ao contrário do que se poderia pensar, que um estudo recente de um neurocientista da Universidade de Chicago tenha demonstrado que os filhos de pais crentes, são bem mais egoístas que os filhos de pais não religiosos.
    “Ama o teu próximo como a ti mesmo”? O caralhinho.

  2. ZE LOPES says:

    M’tóbrigadinho pelo divinal conselho. Se eu fosse pai de um banqueiro até aproveitava.

  3. Rui Naldinho says:

    Só os néscios podem acreditar numa aberração destas.

    https://m.youtube.com/watch?v=bS_ablLRIAA.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s