Portugal…zinho:

A forma subserviente como Nuno Luz trata o Cristiano Ronaldo é absolutamente inacreditável para alguém que se diz jornalista.
Por sua vez, o “relato” televisivo do jogo de Portugal foi confrangedor. Um estilo monocórdico e chato como a potassa.
Pior só mesmo o jogo!

Deixar uma resposta