SNS – O Serviço Nacional de Saúde de Obama

O Presidente OBAMA tenta o que muitos já tentaram e não conseguiram. Criar um SNS no país mais rico . Onde há 50 milhões de pessoas sem seguro de saúde,  todos os dias 14 mil perdem o seu seguro de saúde.

Há 97 anos que os sucessivos presidentes tentam uma reforma do sistema nacional de saúde . Harry Truman, em 1945, foi o único que obteve uma proposta concreta.

Os USA gastam 16% do PIB em saúde enquanto Portugal gasta 10% e , no entanto, a Organização Mundial de Saúde diz que Portugal tem o 12º melhor resultado enquanto os USA estão em 37º. Os europeus vivem mais tempo e têm taxas mais baixas de mortalidade infantil.

Os interesses económicos ligados às seguradoras têm impedido esta reforma, e os altos valores dos seguros pagos pelas empresas americanas estão a minar a competitividade da economia.

Os republicanos opõem-se ferozmente a esta reforma porque sabem que se Obama a conseguir implantar assegura um trunfo político poderoso e que irá ter consequências profundas em outras reformas fundamentais.

43% das pessoas com doenças crónicas e com seguros de saúde não conseguiram ter acesso aos cuidados de saúde de que necessitam. Dois terços dos que abriram falência fizeram-no porque não conseguiram pagar os custos de saúde embora pagando seguros de saúde.

Se os Democratas conseguirem a reforma da saúde , irão gozar de uma popularidade que poderá ter repercussão na próxima geração, mantendo afastados do poder os Republicanos por muitos anos, tais são as consequências favoráveis na vida dos cidadãos americanos.

PS: Expresso, de 7/8

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.