A Europa virou à direita? Qual Europa?

Os resultados das eleições realizadas em três estados alemães são no mínimo fascinantes. Alem de a CDU ter perdido a governação de 2 estados,

Nos dois casos antecipa-se uma coligação entre o SPD, A Esquerda (Die Linke) e os Verdes: Sarre poderá assim tornar-se na primeira coligação que o partido A Esquerda integra num estado federado ocidental.

A nossa comunicação social como é muito distraída nem repara no dado mais importante: a subida da Esquerda (Die Linke), que nos três resultados fica acima dos 20%, ocupando 0 2º lugar em dois estados.

O resto, com eleições gerais a 27 de Setembro, é mais do mesmo: o bloco central está instituído na Alemanha e pode muito bem ser fonte de inspiração para um futuro bloco central português. O facto de à sua frente estar o SPD ou a CDU é tão irrelevante como a (in)diferença entre PS com e sem D. De notar que nas últimas eleições europeias os partidos portugueses que mantêm relações com o Die Linke (BE e PCP) já somaram 20%.

Acresce na boas notícias que a extrema-direita desceu. Mais cuidadinho a ler os resultados globais das eleições para o parlamento europeu fazia bem a muita gente. Resultados e análise mais detalhada aqui.

Deixar uma resposta