Evidentemente, demito-o!

O que está em jogo no próximo dia 27 é saber se escolhemos ou não viver em Democracia. Já não se trata de saber se há ou não maioria absoluta, ou se os partidos vão ou não estar representados na Assembleia da República, segundo os votos que receberem dos eleitores.

No dia 27 vamos saber se os portugueses estão com a Democracia ou se estão dispostos a aceitar uma deriva anti-democrática de um conjunto de homens e mulheres que não aceitam o livre jogo democrático. Ainda há menos de um mês a ERC, braço armado do PS/Sócrates para a Comunicação Social, veio a público com uma directiva em que proíbia que os candidatos a deputados pudessem manter os seus lugares de comentadores na comunicação social. Ante a reacção em cadeia dos profissionais, Sócrates fecha tambem a boca aos jornalistas que lhe não são afectos!

Tudo isto teve ínicio numa jogada desmontada a tempo e horas, em que estava envolvida uma empresa pública. Um mês depois, Sócrates consegue o seu desiderato por caminhos ínvios, através de uma empresa ligada aos socialistas espanhóis e que precisa muito de dinheiro!

O senhor Presidente da República deve seguir as pegadas do General sem medo e dizer ao país alto e bom som : Evidentemente, demito-o!

Comments

  1. maria monteiro says:

    Obviamente que nem todos têm a capacidade de dizer o que HD disse…

  2. Ricardo says:

    Sócrates, lixaste-te meu. Deixa lá isso que a vida continua.