Outra vez a história da rodagem do carro

cavaco_manuela

Manuela Ferreira Leite candidatou-se à liderança de um dos dois partidos “de poder” em Portugal. Ganhou as eleições. Ano e meio depois, vem dizer, à TSF, que, quando o fez, foi para ajudar o PSD num momento difícil e não propriamente para ser primeira-ministra. Disse ainda que nunca sonhou “candidatar-se a presidente do PSD para ser primeira-ministra”. Se ganhar não deixará de governar, claro.

Ora aqui está, mais uma vez, a providência a funcionar. O destino tem destas coisas. Lá estava Manuela Ferreira Leite na sua vida tranquila, pacata, e logo haveria alguém de a desencaminhar para tomar conta de um partido partido, com o objectivo de o consertar. Calha que este é um partido de vocação, e fome, de poder. O maldito do destino lá lhe atirou para a frente o incómodo de poder ganhar eleições, aquilo que, como todos sabemos, o PSD não quer. É preciso ter azar. Mas como tem sentido de Estado, Manuela Ferreira Leite aceitará a maçada de governar se os portugueses quiserem.

O azar de Portugal é ter sempre pretendentes a chefes de Governo que na realidade não o queriam ser. Acaba por ser o destino, qual malfadado GPS, a conduzi-los nesse caminho. Há uns 25 anos um ex-ministro das Finanças resolveu fazer a rodagem do automóvel e, sem saber como, ganhou as eleições. Por duas vezes. Anos mais tarde, um ex-ministro do Ambiente, que também não queria ser primeiro-ministro, chegou ao cargo em maioria absoluta depois de várias circunstâncias dentro do seu partido e no país. Agora temos a reedição das circunstâncias. Se não fosse por isto ou por aquilo, nada disto ou daquilo teria acontecido.

A nossa desgraça é mesmo não ter, como candidatos a chefes de Governo, pessoas que queiram realmente ser chefes de Governo. Talvez um dia.

Comments

  1. Belina Moura says:

    Convenhamos que lhe fica mesmo bem, à MFL, dizer estas coisas. Na verdade todos sabemos que a adrenalina já lhe chega quase à ponta dos cabelos, à medida que chega o fatídico dia D.

  2. Belina Moura says:

    Pessoas que queiram realmente ser chefes de Governo? Sim, tivemos Sá Carneiro que em 1979 ganhou as eleições legislativas e foi chefe do governo até 1980.Mas esses líderes são logo esmagados, mal nascem. Nesse ano foi vítima mortal, como todos sabem, de um acidente de aviação, em vésperas de eleições presidenciais.


  3. MAL POR MAL prefiro a Belina a gabar-se dos seus inúmeros amores que não sei onde estão, e de si mesma… do que na análise profunda e científica politca..dasssssssss que sono ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ


  4. e mais zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz além deste artigo que é mais do mezmo BBBBBZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ

  5. Belina Moura says:

    Dalby!!! Tu acorda, meu querido!!! Hellooooooooooo

  6. maria monteiro says:

    Pois é Belina,mas incomodava a muitos os sentimentos que unia SCarneiro a Snu Abecassis…

  7. Belina Moura says:

    Mas hoje em dia o Sócrates até tem uma namorada mal explicada e já ninguém se importa com isso… Os tempos mudam.Mas o Sá Carneiro amava deveras aquela mulher!

  8. maria monteiro says:

    Pois mas na época as uniões de facto não eram assim tão fáceis de aceitar… já para não falar que era sempre uma dor de cabeça, para alguns, os imbróglios que se davam com as recepções e visitas oficiais….

Deixar uma resposta