Belmiro : Não me calam

A prioridade deve ser dada aos investimentos que criam emprego rapidamente e não ao TGV, que só cria emprego daqui a uns anos e cujo custo por emprego criado é muitíssimo alto. Acresce que o investimento no TGV implica a importação de tecnologia o que vai fazer disparar a dívida externa, que é já elevadíssima e cujos juros são um cutelo sobre o desenvolvimento do país.

Devíamos apostar em actividades como a agricultura e as pescas, o turismo, as energias renováveis, o mar, que criam muito emprego e, acima de tudo, apostar na formação de técnicos com elevadas competências, que tenham passado por vários países antes de regressarem ao país.

Quem nos governa não tem competência e não tem currículo e apesar das dificuldades deliberadas levantadas não me metem medo.

Cada vez mais há gente que não suporta a mediocridade que nos governa e só se calam os que comem à mesa do orçamento. Aqui está a voz de quem tem obra feita!

Comments


  1. Luís, não estarás com um erro de pontaria? Os Belmiros, os Ricardos Salgados, é que são o inimigo – esteja quem estiver no governo – eles é que puxam os fios que movem as marionetas (que se podem chamar Sócrates ou Manuela). Não achas insensto louvar uma pessoa como o Belmiro de Azevedo? Se calhar estamos a ver filmes diferentes.

  2. Victor Medina says:

    Caro Carlos Loureiro,O meu amigo tem andado desatento! Comparar Belmiro de Azevedo com os Ricardos Salgados… pff acorde para a vida que ela é curta!!!Belmiro de Azevedo sempre que se meteu com o Estado levou para trás!! Sabe porquê? Pq ele não paga por baixo da mesa nem financia os partidos!!!! Se ele fosse como o Ricardo Salgado a OPA tinha passado! Não tenha duvidas e dinheiro para corromper não lhe falta, no entanto é um empresário integro!!


  3. VOTAÇÃO PARA ESTE POST. ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ