Marco e Felgueiras: Não aos caciques

O povo de Marco de Canaveses e Felgueiras disse claramente que não queria mais caciques. No caso do Marco, não foi uma surpresa. Manuel Moreira, que fez um bom primeiro mandato, garantiu a maioria absoluta e teve vida para um Avelino Ferreira Torres que não chegou aos 30%. Há 4 anos, foi para Amarante, agora regressou ao Marco e o povo cansou-se. Ferreira Torres é passado.
A surpresa mesmo veio de Felgueiras. O PSD subiu de 29 para 48% e garantiu a maioria absoluta. A troca de votos com Fátima Felgueiras parece ter sido directa, porque a candidata desceu de 47 para 25%. O espanto no concelho parece que foi geral – afinal, em 2005, Fátima vinha de uma fuga ao Brasil, graças a uma chamada amiga de Lopes da Mota, e ganhou folgadamente. 4 anos depois, é o adeus definitivo.
Mais um concelho que quis dizer não ao caciquismo. E o distrito do Porto duplamente de Parabéns.