Também fui convidado

Mas, coligações não são comigo e por isso disse que não.
E tu?
Só é pena que o Zézito seja o dono da bola…
Quando lá na rua tinhamos que escolher as equipas, primeiro fazíamos o calca e depois cada um dos capitães escolhia à vez os seus jogadores. Acontecia, por vezes, que o dono da bola era tão bom com ela (a bola!) como a Ministra numa loja de cristais. Mas, sendo o dono da bola, tinha mesmo que jogar, apesar de ninguém o querer.
Era assim em Rio Tinto há 25 anos.

PS: para ti Pedro, com um grande abraço. Nunca te vamos esquecer. Serás sempre o nosso Palisxas!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.