A coerência à boleia do TGV

Agora já vamos em cinco linhas. Temos Lisboa-Madrid, Lisboa-Porto, Porto-Vigo, Aveiro -Salamanca, e Sines – Beja.

 

Mário Lino, o agora ex-ministro, enquanto dizia que o TGV ía avançar até Madrid, estava a preparar os estudos para as linhas que todos pensavamos estarem abandonadas.  Enquanto toda a gente andava a discutir se uma linha (Lisboa-Madrid) seria rentável, ou na argumentação do governo,  porque nos ligaria à  Europa, preparava-se o festim.

 

Mas quem é que pode acreditar em gente que está sempre a mentir?

 

 

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.