Evandro… Bruno Gama… golo do Rio Ave!

O Braga começou desde cedo a vencer e a vitória já não lhe escapa no jogo de hoje.
Na Luz, é a festa. O Estádio todo engalanado festeja o regresso do Benfica às vitórias. Os encarnados são de novo campeões. Faltam 5 minutos para terminar o jogo contra o Rio Ave e o público já fez 5 ondas consecutivas. No banco, os jogadores abraçam-se, Jorge Jesus, comovido, está sentado. O empate chega perfeitamente.
Só falta um golo para a festa atingir o clímax. O público grita «Benfica, Benfica» e «Ó Pinto da Costa, vai pró caralho!». Os jogadores entram na festa e a cada «olé» vindo das bancadas, fazem uma nova carícia à bola.
Já passa da hora. O «placard» electrónico da Luz assinala 2 minutos de compensação de neutralizações. A festa é gloriosa. Luis Filipe Vieira chora copiosamente. De forma desplicente, Aimar atira para os braços de Mora. Deve ser a última jogada do desafio. Rapidamente, Mora coloca a bola em Gaspar. Com um pontapé largo, o defesa-central despeja para o meio-campo do Benfica. De repente, André Vilas-Boas só tem dois jogadores do Benfica à sua frente e três colegas ao lado. Finta Luisão e adianta a bola para Evandro. Bruno Gama vai atrás.
Correm 25 metros e só têm Quim pela frente. Evandro está sozinho, entra na área, passa a Bruno Gama… golo! golo! golo! É golo do Rio Ave!
E o árbitro termina o jogo. Acabou. Acabou. Os jogadores do Benfica levam as mãos à cabeça. Jorge Jesus, comovido, não sai do banco. Luis Filipe Vieira chora copiosamente. O Braga é campeão.

Comments

  1. tiago says:

    só por causa disto vou deixar de seguir o vosso blog …

    • Luís Moreira says:

      Tiago, não vais nada, pá. Já viste que no próximo domingo o último a rir é o que ri melhor.?

  2. Carlos Fonseca says:

    Sonhar é fácil.

  3. Ricardo says:

    O Jesualdo Ferreira está oficialmente afrutalhado pelo seu discurso. O gajo, porque para mim ganhou o direito a ser tratado por gajo, porque de senhor não tem nada, ainda acha que foi prejudicado pela arbitragem. Dois penaltis escadalosos roubados ao Benfica, ainda estava o resultado em branco. Uma dualidade gritante de critérios na mostragem de cartões amarelos. A expuslão do Fucil peca por tardia… E o gajo ainda acha que foi prejudicado. Este jogo não traduz nada daquilo que foi o campeonato. Só uma coisa estava em causa na cabeça dos jogadores do Porto, e com toda a legitimidade, a possibilidade de serem humilhados com o Benfica a festejar o título em sua casa – foi literalmente um dos jogos da suas vidas. Se o Benfica festeja o título na casa do Porto é coisa para ficar nos anais da história, eu compreendo. Fez-me lembrar o Sporting quando joga contra o Benfica, o jogo das suas vidas. Portanto um jogo com caracteristicas muito próprias onde os jogadores do Porto tinham um super motivação devido à questão de honra o que é compreensível, repito. Ou seja, este Porto não pensem que é o verdadeiro Porto. A não ser que o Porto jogue todos os jogos com esta motivação pelo ódio. Mas já se sabe que as paixões são coisas passageiras.

    Quanto ao jogo com o Rio Ave, são peanuts. A dúvida é se são 3 ou 10. Deixem lá isso.

  4. Ricardo says:

    Jesus, és grande, quero que fiques no Benfica para sempre, foste um senhor na forma como falaste da arbitragem. Tinhas tudo para te queixares da forma como a nossa equipa foi prejudicada, mas tu não te desculpaste como certos gajos, que de senhores não têm nada (refiro-me especifivamente a J Ferreira e não aos adeptos do Porto). Deste uma grande lição de desportivismo a esse gajo.

  5. Ricardo says:

    Uma palavra para o Braga. Uma equipa fabulosa que faz com que este campeonato seja espetacular. Obrigado Braga. São campeonatos assim que dão gozo ganhar, e não campeonatos em que os adversários são coxos…

  6. Ricardo Santos Pinto says:

    Tiago, que exagero. Foi só uma brincadeira, como muitas que neste blogue já se fizeram sobre o Porto. Claro que o Benfica vai ser campeão.
    Ricardo, bem-vindo neste teu regresso. Mas por acaso acho que o Di Maria devia ter sido expulso usando o criterio de Fucile.

  7. Pedro Sousa says:

    Peço imediatamente ao blog que se proceda a um peditório para oferecermos uma Tv nova e um par de óculos ao Sr. Ricardo que conseguiu ver ontem o que mais ninguém viu, o Benfica a ser prejudicado. Quando se perde a vergonha, nada mais se pode perder, enfim.

  8. Nightwish says:

    O Ricardino já não viu as agressões do Luisão e do Maxi Pereira.
    Pois…

  9. Ricardo says:

    Nightwish :O Ricardino já não viu as agressões do Luisão e do Maxi Pereira.Pois…

    Partes para a ofensa.
    Coisa baixa.
    Já sabes como é
    A pobreza de alma
    Dá em perder a calma

    Partes para a ofensa.
    Coisa triste
    Lá está o rancor em riste
    Desculpem lá a poesia barata
    Cuidado com o rancor, mata.

    Em relação às coisas do futebol:

    De facto preciso de óculos para ver o que fez o Di Maria para receber o amarelo que recebeu. Um gajo (independentemente da cor) sempre pode dizer que este ou aquele devia ter sido expulso, houve muita matéria para isso. Mas aquelas duas grandes penalidades…

    Agora apercebo-me que nunca poderiamos ter ganho, nem que nos partissem as pernas.

  10. Pedro Sousa says:

    Ricardo, a doença clubistica é uma coisa mt feia e má. Passo a transcrever a análise de um ex árbitro:
    Momento mais complicado
    51′ Foi bem exibido o segundo amarelo a Fucile e o correspondente vermelho?
    Jorge Coroado
    Fucile é mal expulso. O jogador do FC Porto foi agarrado por Fábio Coentrão, primeiro fora da grande área e depois desviado dentro. Ficou uma grande penalidade por marcar contra o Benfica.
    António Rola
    O árbitro entendeu que Fucile procurou simular uma grande penalidade, e dou-lhe o benefício da dúvida.
    Rosa Santos
    O árbitro errou: Fucile não deveria ter sido expulso, pois não simulou qualquer falta. O jogador do FC Porto sofreu duas faltas na mesma jogada e deveria ter sido assinalada grande penalidade a beneficiar o FC Porto.
    Outros casos
    5 Justificava-se o cartão amarelo exibido a Fucile e a Di María ?
    28′ Fábio Coentrão deveria ter visto o amarelo, que seria o segundo, após falta sobre Hulk?
    29′ Maxi Pereira joga a bola com a mão na sua grande área ?
    36′ Há falta de Álvaro Pereira sobre Maxi Pereira na grande área do FC Porto?
    38′ David Luiz faz falta sobre Hulk na grande área do Benfica?
    57′ O amarelo mostrado a Luisão, após falta sobre Guarín, foi justo ou merecia o vermelho?
    59′ Farías está em posição legal antes de marcar o segundo golo do FC Porto?
    75′ Di María deveria ter visto o segundo amarelo por tentar simular uma grande penalidade?
    Jorge Coroado
    De modo algum. Foi uma jogada perfeitamente normal, que não exigia qualquer acção disciplinar.
    Fábio Coentrão entrou de forma intempestiva sobre Hulk. Foi uma falta perigosa que justificava a exibição do amarelo; como era o segundo, deveria ter sido expulso.
    Só na repetição da imagem se vê que a bola toca na mão de Maxi Pereira, mas dou o benefício da dúvida ao árbitro.
    Álvaro Pereira jogou no joelho esquerdo de Maxi Pereira e só depois tocou na bola. Grande penalidade por assinalar contra o FC Porto.
    Há obstrução de David Luiz a Hulk. Como a falta foi cometida em cima da linha-limite da grande área, deveria ter sido marcada grande penalidade contra o Benfica.
    O vermelho era o cartão apropriado. Luisão levantou o pé em demasia e depois, com o braço, atingiu deliberadamente Guarín.
    É um lance perfeitamente legal, estava atento o árbitro assistente.
    De acordo com o critério utilizado na expulsão de Fucile, Di María deveria ter seguido o mesmo caminho.
    Pior cego é aquele que não quer ver.

  11. Ricardo says:

    Portanto somados os prós e os contras, o Benfica foi beneficiado, é isso. Está certo. E quais foram os lances mais decisivos já agora? Na sua opinião imparcial, claro.

    Penalti contra o Hulk? Duvidoso. Não terá sido o Hulk a querer sacar um coelho da cartola? Não foi o Hulk contra o David Luis? Mão do Maxi??? Só se o homem tem uma mão a nascer do peito, coitado…

    Duas grandes penalidades óbvias a favor do Benfica. De facto o árbitro, ou o assistente, não quiseram ver.

    E quanto a simulação da faltas, é melhor não ir por aí.

  12. Pedro Sousa says:

    Este vai ser o meu último comentário pq n estou para discutir com pessoas doentinhas. Apenas perguntar pq se esqueceu de mencionar a agressão do Luisão? Esquecimento ou demasiada vermelhidão nos olhos? e com esta me fico. Papagueie sozinho

  13. Ricardo says:

    DAS UTOPIAS
    Mario Quintana
    Se as coisas são inatingíveis… ora!
    Não é motivo para não querê-las…
    Que tristes os caminhos, se não fora
    A presença distante das estrelas!

  14. Ricardo Santos Pinto says:

    Ricardo, na altura não me pareceu, mas pelo que dizem os especialistas, foi mesmo penalty sobre Fucile. Ou seja, para além do penalty não marcado, houve uma expulsão injusta que obrigou o Porto a jogar com 10 toda a segunda parte. E não foi o único penalty.
    E o Benfica também teve razões de queixa.
    Ou seja, quem quiser ser imparcial facilmente verificará que as duas equipas foram prejudicadas pelo árbitro. Um mau árbitro, como sempre foi.

Trackbacks


  1. […] This post was mentioned on Twitter by Blogue Aventar. Blogue Aventar said: Evandro… Bruno Gama… golo do Rio Ave!: O Braga começou desde cedo a vencer e a vitória já não lhe escapa no jogo d… http://bit.ly/cfZypI […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.