FMI, o orgasmo está a chegar

A pátria preparada para receber o FMI

A direita anda muito feliz com a ameaça de o FMI se instalar no Terreiro do Paço. Consulta todos os dias a meteorologia esperando neblinas e nevoeiros matinais, para uma encenação sebastiânica perfeita.
Compreende-se. A anterior passagem do FMI por estes lados abriu o caminho à Europa e seus fundos estruturalmente desviados para os bolsos das empresas, estendendo o tapete ao cavaquismo que iniciou a privatização do estado nas pontes sobre o Tejo. O FMI funciona para a nossa direita como o pai polícia que vai meter os meninos pobres e ranhosos na ordem com uns bons açoites no rabo.

Mais desemprego, salários mais baixos, mais lucros para uma minoria, mais bancos, mais capitalismo financeiro. Uma felicidade.

Só é pena que o FMI não use preservativo.

Comments

  1. Luís Amorim says:

    Afinal de contas, se o FMI vier, vai ou não prejudicar os “interesses instalados” dos quais a esquerda tanto fala? Ou se será que à dita esquerda não interessa o FMI por esses mesmos motivos?


    • Os bancos não vão pagar IRC como as outras empresas, as parcerias público privadas serão respeitadas, as mais-valias bolsistas continuarão a usufruir de vantagens fiscais.
      Ou seja os interesses instalados continuarão instalados.
      Era a isso que se referia?


  2. Sem tirar nem pôr, J.J.Cardoso


  3. “Não nos governamos, nem nos deixamos Governar” … perdemos o talento? Vamos fazer Jus à história. Ou vamos deixar-nos castrar? Por uma Europa Podre???
    Sugiro o visionamento destes dois Vídeos http://www.youtube.com/watch?v=VlelJa79Juo&t=0m22s // http://www.youtube.com/watch?v=_TR8dMPBl98

    Mais gente sem papas na Língua muita falta faz neste Mundo.

  4. Sarra says:

    O FMI já chegou cá há muito tempo……..ou ainda não repararam ? o FMI chegou com o Socrates e a sua maioria. Portugal tem os politicos que escolheu …..ou não é assim? continuem a votar neles………

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.