Golo de Elmano Santos pelo Benfica e contra a Académica

Num jogo marcado pelos protestos pela encerrada Linha da Lousã e adiamento eterno do metropolitano de superfície de Coimbra, o Benfica apresentou o seu velho reforço de inverno, Elmano Santos, que se estreou marcando este golo:

http://rd3.videos.sapo.pt/play?file=http://rd3.videos.sapo.pt/mpLgNv88vpwIPkzvbfmC/mov/1

O jogo continua, mas está tudo nos conformes: a Académica ainda tem 10 jogadores em campo.

Destra sinistra, revista de blogues

A blogosfera anda atenta às presidenciais. Em destaque os vários textos, até agora 23, do Pedro Correia no Delito de Opinião e no Albergue Espanhol. Sem esquecer o Sapo com um espaço dedicado ao tema ou o blog Presidenciais 2011.
O Portugal dos Pequeninos está mesmo muito militante e o Vias de Facto não perde um minuto para colocar o dedo na ferida. No Cachimbo o PPM deixa o aviso para o principal adversário de Cavaco Silva e no Blasfémias o Pedro fala na falta de alegria da campanha. Já o Carlos, no 31 da Armada, relembra algo que alguns querem “esconder”. Por sua vez, FJV, escreve sobre o medo e ESTE post de AAA no Insurgente é claro candidato ao prémio de “melhor post Presidenciais 2011”! [Read more…]

Contra a extorsão

Cada cêntimo sacado ao contribuinte, é um cêntimo que serve para perpetuar o Estado a que isto chegou. Não sou ou algum dia fui militante do CDS/PP, mas estou e estarei sempre ao lado de quem respeitar um princípio simples, não preciso que o Estado decida por mim, sei exactamente onde gastar o dinheiro que ganho, graças à riqueza que produzo. Por isso repudio o Código Contributivo. Quem concordar comigo, pode assinar:

http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=CDS

Senhor Primeiro Ministro

política do PS sobre educação

Senhor Primeiro Ministro. Com respeito mas com firmeza

A frase que intitula este texto acabou por ser famosa quando escrevi uma carta aberta à anterior Ministra da Educação. Era minha para ela. Mas, desta vez, a frase continua a ser minha para ser usada por si.

É sabido que governa em minoria e de todo não tem tido nenhuma ideia sábia na nomeação dos ministros do Ministério da Educação. O que aconteceu que a anterior ministra, já é parte da História, nem vale a pena lembrar mais, está em todos os blogues, sítios da Internet, da nossa curta cadeia de comunicação. Era mais fácil e rápido telefonar e dizer-lhe as minhas palavras. No entanto, a palavra escrita perdura, enquanto as faladas as leva o vento, ou são manipuladas ou esquecidas. O respeito e a firmeza não são palavras minhas para si. É uma frase para o Senhor Primeiro-Ministro nunca esquecer: respeito pelos seus eleitores e firmeza nas suas decisões. [Read more…]

Jornalismo e presidenciais: um exemplo absurdo

Imagine uma notícia com o antetítulo “Absurdo”. Sobre a campanha eleitoral. Assim:

ABSURDO

Cavaco recebe banho de multidão no Funchal e teve de encurtar arruada

cavaco tejadilho(…)

Cavaco Silva chegou junto do teatro municipal Baltazar Dias, na capital madeirense, subiu ao tejadilho do carro para saudar as centenas de pessoas que o aguardavam há 30 minutos para realizar um arruada que deveria terminar no mercado da cidade, radiante por mais um show off.

(…)

Não imagina pois não? caía o Carmo, a Trindade e um jornalista, fora o editor. Agora veja esta:

Screenshot_2

“Já estava a contar com isto”, comentou Coelho, “porque as pessoas são mal formadas. Há liberdade de circulação em todo o território nacional e isto é território nacional. Não é do senhor professor Cavaco Silva. Aqui na rua é praça pública”, conclui, radiante por mais um show off.

O absurdo está em José Manuel Oliveira e o Diário de Notícias seguirem a escola Judite de Sousa e não terem vergonha na cara. Como se não bastasse o artigo da Visão sobre a casa de férias de Cavaco Silva ter sido ignorado por toda a comunicação social (pode entretanto ser lido nos Tabus de Cavaco),  absurdo é um candidato insistir com o jornalismo ultra suave (para alguns) e este achar isso absurdo. Criticar a comunicação social é um absurdo, só pode, porque também nunca se enganam e têm sempre razão.

Maria Cavaco Silva pedirá o divórcio logo após as eleições

Promiscuidade do Presidente da República deixa primeira-dama revoltada

Depois de ter lido que Cavaco Silva volta a namorar funcionários públicos, a primeira-dama já declarou em círculos mais próximos que aguardará os resultados das eleições para pedir o divórcio, tendo acrescentado, entre soluços, que “pior do que a traição é ele ir meter-se com essa gentinha. Ainda se fosse com banqueiros ou assim…”

Entre os funcionários públicos, a notícia tem gerado um enorme mal-estar acompanhado de vómitos.

Crónicas das Golden Showers Californianas dos anos 70 revisitados, na baía do Sado-Setúbal (1)

Por MARQUESA DO SADO

Olá carissimos. Se não se importarem, o meu bom nome dá-se por «Marquesa do Sado» ali para os lados de Setúbal… A família é tudo o que de mais sagrado tenho na vida. Mas tenho também um passado que me levou a este bem que não quero deixar nunca. Uma Primavera amarela no seio da qual me aqueço.
Nestas minhas crónicas o único insulto que não aceito é que tenham a ousadia de encontrar em mim uma mulher vulgar no pior dos sentidos, ou ainda pior que isso, que serei algo abjecto e execrável como algumas que andam por aí, naquela tentativa de putear a linguagem, aplicada a uma postura mais foleira que uma felação de joelhos sujos. Por isso, qualquer coincidência com alguma frase dessas pobres iscas de bacalhau de tasca mal amanhada, desse júbilo labial que só serve para nos envergonhar, a nós mulheres de aço, é mesmo uma coincidência de merda. Ou melhor, uma merdosa coincidência! [Read more…]

Novas Oportunidades – depressa e bem afinal há quem

Estudo defende que Novas Oportunidades estão a trazer mais saber para as famílias

Numa sociedade que se pretende solidária, considero absolutamente justo que se procure dar sempre novas oportunidades a quem as não teve. Quem, por alguma razão, não pôde ou não quis estudar deve ser sempre incentivado a regressar, deve ter outras oportunidades de compensar o que não conseguiu alcançar. Tudo isso deve ser feito com base em, pelo menos, três pressupostos: deve ser um processo rigoroso, deve basear-se na vontade de aprender e deve ser facilitado pela legislação laboral. Qualquer diploma comprovativo de habilitações só terá significado real se for uma consequência disso.

Recentemente, foi apresentado um estudo em que se chega a várias conclusões acerca do programa Novas Oportunidades. A coordenadora estudo é Lucília Salgado, professora da Escola Superior de Educação de Coimbra. A autora já havia participado no Fórum Novas Fronteiras, organizado pelo PS, para além de ter estado presente no “Seminário Iniciativa Novas Oportunidades: Primeiros Estudos da Avaliação Externa”. [Read more…]

Bettencourt forever


José Eduardo Bettencourt demitiu-se da Presidência do Sporting após a derrota em casa com o Paços de Ferreira.
E agora, quem irá assegurar os extraordinários momentos de humor com que Bettencourt nos brindava sempre que falava aos jornalistas? Nós a pensarmos que tudo tinha ficado resolvido com a saída da maçã podre para o FC do Porto, mas afinal os problemas continuaram.
Não, Bettencourt não devia sair. Bettencourt forever!

"A Escola Para o Meu Filho Sou Eu Que A Escolho" – 2

Externato Infante D. Henrique, Ruílhe – Braga – a educar e a formar cidadãos desde 1968.

amor e doença

 

Estou consciente de ter escrito, de forma abundante, sobre a doença. Não deve ser por nada especial e, no entanto, esse fantasma continua a galgar o meu corpo. Se come o meu corpo, também enreda o meu espírito. Mas, um espírito educado na ética da que falara ontem, é difícil abater. Pelo que é mais simpático falar de amor, do bem-querer, do receber gente em casa, de visitar as casas dos outros como convidado, comer imenso e se divertir, rindo até saltarem as lágrimas da histeria do riso imbatível.

A vida não nem simples nem complicada, é como a fazemos, é como a orientamos. Pode apresentar-se uma doença em frente de nós e nos fazer sofrer. Se nos queixamos dessa doença, ficamos mais enfermos ainda. Pelo que a receita mágica, é ignorar o que é evidente em frente de nós.

Há muitas formas éticas de fugir à dor. Mas, a mais certa não é o médico que pode curar, é o amor que nos dá alegria, tranquilidade e paz. É a presença de uma pessoa querida que toma conta de nós, a que cura. O luto apenas causa mais desespero.

O luto faz parte das dores da vida e deve ser aceite para o ultrapassar… um dia. Esse dia que deve aparecer, quanto antes, melhor. Há quem tenha paz por causa do luto, é uma emotividade muito humana. Nunca esqueço a resposta da minha vizinha, no dia em que o seu marido, após cinquenta anos de casados, foi a enterrar. Um senhor amável, simpático, dava gosto falar com ele. Se era assim amável com os vizinhos, como não serias dentro de casa. Quis apresentar os meus sentimentos à vizinha. A sua resposta foi rápida e directa: senhor doutor, agradeço a sua simpatia, mas não ajuda em nada. Ele me traiu, foi-se embora antes de eu morrer, traiu-me. Eu o quero vivo e ao pé de mim… [Read more…]

Hino da campanha presidencial


e este aqui, é dedicado a todo o “bom povo” republicano…