Aventar, um Blogue Plural

Tem-me acontecido, aqui e ali, ouvir dizer que o Aventar é um blogue de esquerda. Quando respondo que não, que o Aventar foi criado para ser um blogue pluralista onde cabem diferenças ideológicas, de regime, religiosas, raciais e etc., acabo por ouvir dizer: se não é, parece.

Parece quando parece, digo eu, depende da vontade dos aventadores escreverem ou não, sobre o que acharem, quando acharem. A casa tem algumas regras, claro, mas são poucas, o resto depende da liberdade e iniciativa de quem cá mora.

Os últimos dias têm, de resto, ilustrado bem o pluralismo do Aventar: o Carlos Garcês Osório acha que o direito à greve não faz sentido nos dias de hoje, o João Paulo acha que faz. O Fernando Moreira de Sá pensa que a história de Pedro Rosa Mendes está mal contada, o João José Cardoso pensa o contrário. O José Magalhães pede um rei, o João José Cardoso recorda os regicidas. O Ricardo Santos Pinto ataca a política de betão do plano nacional de barragens e atira-se a Francisco José Viegas, o José Magalhães defende a política de betão na Madeira e louva Alberto João Jardim.

Por outro lado, o Carlos Fonseca chama vil à política do governo ao mesmo tempo que a Daniela Major assume que deseja emigrar mas ressalva que essa vontade pouco tem a ver com os actuais governantes. O que acabo de dar são meros exemplos, há aventadores de quem não falei mas cujas diferenças poderia aqui expôr.

Agora, que tanto se fala em associações secretas e quejandos, há que dizer que também somos uma associação. Uma associação de cabeças livres e plurais que escrevem e publicam o que pensam.

Uma associação que não é secreta e não pretende ser discreta, bem pelo contrário e vice-versa.

Comments

  1. Carlos Fonseca says:

    Pedro,
    Nem mais. Saudavelmente plural.

  2. João Paulo says:

    Ora nem mais… eu diria que, na medida do possível deveríamos retirar algumas marcas excessivamente azuis, mas enfim… Problemas e coisas menos boas todos os grupos têm… eheheheeh Aventar with all! (isto assim escrito em francês é outra coisa!)


  3. Somos sim, um blogue muito saudável e muito plural.
    Uma análise perfeita


  4. Compreendo o que é dito. E até acho graça a esta, permitam-me a expressão, abrangência opinativa policromática.

    Aceito e congratulo-me por isso.

    Do mesmo modo o colectivo que é este blog tem de estar receptivo a opiniões e respostas igualmente plurais e, quiçá, também policromáticas.

    Boa noite


  5. É assim mesmo… gosto de vos ler assim!

  6. A. Pedro says:

    Ana

    “abrangência opinativa policromática”

    Maravilha 🙂


  7. Minha cara Ana,

    Por certo que todos nós aceitamos comentários que expressem opiniões cuja “abrangência opinativa policromática” esteja bem demonstrada.
    Não aceitaremos por certo, no entanto, qualquer tipo de insultos, sejam quais forem os moldes em que eles venham disfarçados.
    Tenha também uma boa noite

  8. Daniela Major says:

    Concordo plenamente com o que foi dito. Por esta razão é que o Aventar é o blogue cheio de qualidade. Obrigada Pedro por nos relembrares disso que ás vezes também precisamos.

  9. Ricardo Santos Pinto says:

    Tirando os lampiões, todas as abrangências opinativas policromáticas são bem-vindas ao Aventar.


  10. Caro Pedro Correia

    este seu post vem na altura certa.. PARABÈNS—… a si e a TODOS os que têm feito um trabalho exemplar no Aventar e o transformaram numa referencia…

    Aqui não há esquerda nem direita .. para mim isso será referencia só para quem não tem referencias

    Aqui há troca de ideias e de opiniões e todos têm manifestado sensatez e coragem de as defender..

    aqui não CARNEIROS.. que vão em rebanho.. (pode haver alguns lobos disfarçados)

    NO AVENTAR HÁ CORAGEM E FRONTALIDADE .. COM UM OBJECTIVO —

    CONTRIBUIR PARA O BEM DE TODOS

    eu tenho orgulho em, me manifestar no AVENTAR

    abraço a todos

    mario carvalho

  11. A. Pedro says:

    Obrigado, Mário. (acho que em nome de TODOS)

  12. João Paulo says:

    “Tirando os lampiões, todas as abrangências opinativas policromáticas são bem-vindas ao Aventar”. Subscrevo, com as devidas adaptações! hehee

  13. MAGRIÇO says:

    É precisamente na pluralidade de ideias que reside o encanto do blogue. Mesmo quando algumas opiniões ferem a nossa sensibilidade ou a nossa noção de equidade, temos sempre um recurso: ignorar.

  14. Tiro ao Alvo says:

    Pondo de lado essa classificação, onde nem toda a gente encaixa, penso que, para avaliar a pluralidade do blogue, não basta analisar a posição de quem escreve os posts, sendo necessário analisar, também, as ideias defendidas pelos comentadores. Melhor, parece-me, até, que uma análise às posições dos comentadores poderá conduzir, neste aspecto, a resultados mais “verdadeiros”.
    Uma coisa me parece certa: este blogue é muito mais contra a situação actual, do que a favor. Se isso é ser mais de esquerda, ou mais de direita, não sei. Mas que a maioria dos autores que aqui escreve são muito anti, são.
    Certíssimo é que é mais fácil destruir do que construir. E que o mais difícil é defender a justiça, a verdade e a liberdade, e combater a corrupção, quer ela se situe na esquerda ou na direita, em baixo ou em cima. E que isso se pode fazer sem grosserias, como às vezes vejo por aqui. E que assim fosse, aos meus olhos, o blogue melhorava. Disse.


  15. Apoiado!

  16. Pisca says:

    Pluralidade é sempre de saudar e manter, agora há coisas que caiem naquilo que o Arménio Carlos respondia ontem à Dª Judite na TVi quando o entrevistava e resolveu perguntar se sendo ele do CC do P.Comunista Português a CGTP ia ficar amarrada ainda mais ?

    – Isso é uma pergunta ou uma provocação ?

  17. Céu Mota says:

    Aventar numa palavra: liberdade. Para pensar e escrever sem cortes e edições de outrem. No Aventar há ateus, crentes, leitores, ardinas (!), poetas, artistas, escritores e aprendizes de escritor, gente de esquerda e nem por isso. Gente que apenas quer expressar o que lhe vai no pensamento e na alma, na alma de portugueses e portuguesas. Obrigada Pedro pelo retrato que nos deu do Aventar. Venham outros retratos, caros colegas!

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.