Professores: concorrer e ficar colocado

Marco Fortes

Está aberto o debate, sempre apaixonante, em torno da alteração da legislação de concursos.

Depois de ter partilhado uma primeira reflexão sobre a proposta do Ministério da Educação e Ciência (MEC) importa colocar esta temática no ponto certo.

Para os menos atentos a estas coisas, uma explicação breve: os concursos de professores são o processo usado pelo empregador (Ministério da Educação e Ciência) para fazer o recrutamento dos seus recursos humanos. Para o efeito abre uma aplicação durante uns dias, onde os candidatos podem escolher de entre as escolas do país, mediante algumas condições. Depois, o MEC faz a graduação dos docentes em função da nota do curso e do tempo de serviço que cada um tem. Seguem-se as colocações por esta ordem.

No entanto, esta é a parte menos importante.

Entre o concorrer e o ficar colocado vai uma distância enorme. Os concursos, agora de 4 em 4 anos, têm mostrado que a esmagadora maioria dos candidatos não consegue obter qualquer tipo de colocação. Ou seja, os Professores do Quadro não se conseguem aproximar e ficam longe de casa e os contratados têm o desemprego como destino certo. Aliás, com a proposta de reorganização curricular que está em cima da mesa, haverá um despedimento colectivo na casa dos 10 mil docentes.

Neste contexto, a reflexão sobre a legislação de concursos é interessante, mas está longe de ser um elemento central da política educativa ou até da vida das escolas, até porque não vai ter aplicação prática para a esmagadora maioria dos professores. Parece, no entanto que estes são atletas olímpicos a caminho de Londres.

Este acontecimento planetário, os jogos olímpicos, são algo onde participar é considerado uma grande vitória! Agora têm um corrente de peso – o concurso de professores.

Comments


  1. Desculpa lá, mas apetece-me **** em alguém!

Trackbacks


  1. […] chatice destas coisas é que escolher uma posição ou outra vai implicar deixar no desemprego o professor A ou o professor B, ou se calhar os dois. partilhar:Facebook Esta entrada foi […]


  2. […] Posted on 26/02/2012 por João Paulo Os concursos de Professores, como antes escrevi, são um acontecimento mediático ao nível de uns Jogos Olímpicos: são de quatro em quatro anos […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.