De Um Homem Assim É Que Portugal Precisa

E Eu A Pensar Que Isto Se Resolvia Com Chuva

“Viver no interior é muito difícil”, constatou o líder do Partido Socialista em Bragança, pensando por certo que os Brigantinos o não sabiam. O senhor Seguro falou assim no início de uma semana de visitas aquelas zonas do país, com o objectivo de “ter um conhecimento mais aprofundado das regiões” e propiciar o que definiu como “um novo olhar”. Atitude que, enfatizou, “não passa por políticas de encerramento, extinção ou deslocação de serviços, colocando áreas tão importantes como a saúde ou a justiça distantes das pessoas”.

E eu a pensar que era com chuva que a seca se resolvia. Na verdade porque raio é que o senhor Primeiro Ministro não chama este senhor para Ministro da Agricultura. Faria melhor figura que a senhora que por lá anda que até tem fé que a chuva venha, mesmo sendo ela bem mais interessante que ele.
.

Comments

  1. marai celeste ramos says:

    Os anormais desmultiplicam-se e nem é uma quesão de ps ou psd – são apenas doutores que nem a 4ª classe têm e como e lisboa têm, por enquanto, água na torneira, não percebem a sede da vaca e nunca estiveram em férias no verão no ALgarve em que a água fechava a certas horas porque não havia, mas eles tinham “piscina” nas suas mansões – são piores do que os troikanos-na Tv2 (22:10 h de 24 fev) o director de planeamneto dos Recursos hídricos Nordeste transmontano, alentejo e algarve não há reservatórios mas têm chuva de há 2 anos e estes não chove há 40 dias e vai até 4 de março – não há água no solo que não aliementa as culturas – as alfufeiras estão planeadas para 2 anos de séca – e não se antecipa falta de água no país e ainda chveu 200 mm – nesta reunião da seca – em 2007 vieram pragas associadas à secura – o pior é a fraquência de baixas precipitações – racionar em alguns lugares Beira Alta e Trás-os-Montes e Algarve (falou eng.Rodrigues)

  2. jorge fliscorno says:

    Políticos que se dão à hipocrisia de criticarem políticas que os seus correligionários praticaram não merecem mais do que o desprezo.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.