PCP, sexo e prazer

Segundo o Público o tema está quente (aqui daria para um trocadilho fácil!) nos States.

Um potencial asterisco a candidato dos Republicanos teme que

“o sexo seja desconstruído ao ponto de se tornar simplesmente prazer”.

Ainda estou a ver o PCP a votar favoravelmente esta questão.

Comments

  1. Tito Lívio Santos Mota says:

    as velhas carroças do comité central do Partido Coreano Português (PCP) não mudam, nunca mudaram, nem mudarão.
    O José Afonso já lhes tinha dito, em tempos, que não precisava de Comités Centrais. O Saramago, anos depois, mandou-lhe o mesmo telegrama.
    Disseram portanto o que qualquer comunista honesto lhes deveria dizer se em Portugal não se fosse dum partido como se é de qualquer clube de futebol : “porque sim”.

    Nos tempos da AD do Sá Carneiro (a precisão tem a sua importância) houve uma proposta do PCP para que se legalizasse o aborto.
    O Sá Carneiro disse logo que, no contexto de revisão dos Códigos Civil e Penal, era uma boa ideia e que diria ao PPD para votar a favor.
    Vai-se a votos e a proposta sai chumbada. Por quem? pelo CDS (normal) e pelo…….. PS sob ordem do Mário Soares que “não queria conflitos com a Igreja” (para esta gente só há uma IGREJA, não há ateus nem agnósticos, nem protestantes, nem nada; e a lei de 1911 são uns brincos engraçados que levava a Mariana nas orelhas durante a 1° República).

    30 anos depois novo duo chumba mais outra simples tentativa de tornar a nossa sociedade um pouco mais livre.
    PCP / CDS.

    O CDS está para a política portuguesa como a Nossa Senhora de Fátima para a consciência nacional. Cada vez que há uma velhacaria, um retrocesso, uma “velhice do Restelo” a pôr em prática temos o CDS na primeira fila (ou a tal santa).
    Os sócios, esses, são apenas de circunstância.

  2. Zuruspa says:

    Pronto, batam lá bastante no PCP, que bem merece. Para que se esqueça que foram eles que propuseram a Lei da Despenalizaçäo do Aborto e a Lei do Casamento Homossexual. Bute lá!
    E de caminho, que se esqueça quem propös a Lei de Adopçäo por Homossexuais Individuais. Ide!

    Em termos de dignidade humana… quem no PE votou a favor do apoio militar aos fundamentalistas islämicos (Al-Qaida e salafistas) contra um regime socializante que permitia às mulheres andar de cabeça descoberta e até estudar? Ah, pois, com muita pena minha, foi o PS e BE, junto com o PSD e CDS.

    Mmm… entre votar contra algo que näo mata ninguém e nada muda (os homossexuais já podem adoptar) e votar a favor de algo que mata (e continua a matar)…

    … na Líbia ainda existem homossexuais ou foram todos mortos pelos esbirros do NTC?

    um comentário estúpido? Está ao nível do artigo!

    • Tito Lívio Santos Mota says:

      Eu só gostava de ver um dia os militantes do PCP (não os comunistas por que há muitos, a maioria, com sentido crítico) a discordar do CC do PCP.
      Lembra-me agora mesmo um certo artigo no Avante que utilizava num artigo um velho “avatar” nazilento chamado “Protocolo dos Sábios de Sião”.
      Em vez de dizerem que o camarada teria feito melhor se tivesse ido a banhos à Caparica, lembraram-se de atacar e insultar as pessoas que sabem um bocadinho mais de história europeia que o tal camarada.
      É assim, quando os meus camaradas do PS deixarem de considerar que todas as poucas vergonhas neo-liberais que saem das bocas e dos atos dos seus PMs são socialistas e que os militantes do PCP deixarem de engolir todos os sapos que saem da cabeças dos gerontes do CC, talvez se tenha uma esquerda em Portugal capaz de nos livrar da camarilha neo-marcelista em que se tornou a direita portuguesa.

      Entre tanto, paciência portugueses…

  3. Zuruspa says:

    Conheço um caso de militante desses, e referente a este caso, com 80 anos. E esta, hein?
    E näo sendo militante e discordando da posiçäo tomada quanto à adopçäo de casais homossexuais, sei o que o PCP tem feito relativamente à igualdade de direitos, por isso piadinhas rasteiras só ajudam a camarilha neo-marcelista.

  4. João Paulo says:

    #4 Brincar é algo que não está limitado ao que não se gosta. Ou agora, sendo de esquerdar, não posso criticar o PCP porque estou a fazer o jogo da direita… Por favor…

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.