Quem prejudica quem?

Portugal é um país especial – conta-se uma anedota e, como se diz por aqui, ´tá a andar de mota.danca Assim, se me permite, caro leitor, vou seguir essa máxima de grande sucesso:

Um tipo com problemas de Álcool, encontra um amigo muitos anos depois do último olhos nos olhos.  Conversa para aqui, comentário para ali e a pergunta:

– Então, meu, e com a bebida?

– Está resolvido! Agora só bebo dois tipos de vinho! Estou curado!

– A sério? Nem acredito! Que bom! E que vinhos são esses?

– Portugueses e Estrangeiros.

Sim, eu sei que os discursos do Gaspar são um bocadinho mais humorados que as minhas anedotas, mas vem isto a propósito das GREVES que os Professores têm em cima da mesa: avaliações de 7 a 14 de junho e a todo o serviço no dia 17 de junho.

Os comentadores, mesmo aqueles que são pagos pelo PSD para aparecerem na Blogosfera a comentar, alinham no discurso oficial que basicamente se resume a isto: os Professores são uns malandros, uns filhos da …, porque usam as criancinhas nas suas lutas. Claro que têm direito à luta, que a Greve é um Direito Constitucional (sabemos o quanto este PSD ama esta constituição!), blá, blá, blá, batatinhas.

E, nesse mesmo registo, pergunto: não são esses mesmo comentadores profissionais e seus financiadores que recorrem permanentemente às criancinhas para a fotografia nas campanhas eleitorais?

Não são estes governantes e os seus boys os responsáveis por 30 alunos em salas feitas para 24?

Paulo Portas não prejudica as criancinhas quando aplaude a decisão de aumentar o número de horas de trabalho lectivo de um Professor? É que o Professor até pode trabalhar mais, mas como vinte e quatro ainda é o limite diário de horas disponíveis, há alguma coisa que vai ficar por fazer, isto é, o tempo disponível para as crianças com mais dificuldades será menor. Sempre as criancinhas, Dr. Portas!

E, Dr. Nuno Crato, quando agora acaba com as horas disponíveis para a  Direcção de Turma, está a dar apoio a que criancinhas?

E, dr. Passos, que consequências terão nas criancinhas as suas medidas estúpidas e sem sentido que têm levado ao desemprego milhares de portugueses? O senhor, responsável pela falta de pão na mesa de tantas famílias e coveiro da qualidade de vida de milhares e milhares de portugueses está a apoiar as criancinhas quando lhes despede os pais?

O bilhar grande é ali ao lado, ok? As voltinhas são grátis e, por favor, deixem lá as criancinhas porque se repararem está tudo mais que pensado:

– vamos acabar as aulas sem que um dia lectivo (de aulas) seja afectado, respeitando, desse modo, a necessidade de aulas dos alunos numa fase importante do ano;

– marcamos GREVE às reuniões de avaliação, momento que, numa primeira dimensão, não tem qualquer impacto nos alunos;

– para um segundo momento marcamos uma GREVE que coincide com o exame de Língua Portuguesa, mas que, reparem, é apenas o primeiro dia de exame. Ou seja, é a nossa 3ª forma de luta e é absolutamente possível passar o exame para outro dia sem qualquer tipo de dificuldade.

Mas, boys de serviço no corner, o caminho não é adiar o exame. A solução é mais fácil do que isso: não aumentem a componente lectiva (número de aulas) dos professores e não apliquem a mobilidade (despedimento) aos Professores.

Comments


  1. Bem observado essa dos comentadores pagos .
    Mas não é só pelo PSD , acontece o mesmo
    com os outros Partidos , como tenho vindo a
    denunciar desde há muitos anos , desde o tem-
    po do sinistro cavaquismo , que por tanto criti-
    car me perseguiu e deixou na miséria .
    Estamos entregues aos bichos .

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.