de seguro morreu o velho

o partido socialista cumpriu hoje a sua tradição histórica\catarse enquanto titular do papel de maior partido da oposição. enquanto oposição, os líderes socialistas portugueses têm o estranho hábito de largar o primeiro boneco que têm à mão nos primeiros 3 anos de legislatura, deixá-lo afundar com o partido e intervir a 1 ano das legislativas, lançando aquele que realmente será o próximo primeiro-ministro. bailado protagonizado entre Costa e Seguro nas vésperas do último congresso socialista e a paz podre mantida no mesmo, culminada na histórica votação albanesa que acalmou e aclamou o inseguro (e in-sonso) tozé, conhece agora o seu verdadeiro significado.

Costa precisava de tempo. tempo para vencer a Câmara Municipal de Lisboa. tempo para fortalecer a sua posição num dos maiores cadernos eleitorais do país. Costa sabia a milhas que a re-eleição na CML estava garantida. contudo, Costa queria certificar-se do número exacto de votos que conseguiria alcançar em Lisboa. Costa tratou de negociar com Seguro: “Tozé, sabes perfeitamente que mexendo os meus peões mando-te abaixo num instante. Sei bem que és o líder da máquina e que dominas uma parte significante das concelhias, mas, politicamente, não tens carisma, não sabes ler nas entrelinhas e tão pouco percebes de timings de actuação política. Ficas à condição até às europeias” – assertivo é afirmar que a pressa era afinal de contas muita. assim como a pressão. Tozé ganhou as autarquicas porque outro resultado não seria de esperar. Costa esmagou Seara em Lisboa e o facto das luzes da sede de campanha de Seara se terem desligado antes da meia-noite diz bem da expressão que Costa alcançou na capital. Seguro tratou de mudar de líder parlamentar, colocando no epicentro do diálogo um nome consensual a todo o partido socialista. Com Alberto Martins, o grupo parlamentar do PS ganhou alguma acutilância (com Zorrinho, a acutilância era abaixo de zero) mas Tozé, o inseguro, manteve-se firme à velha retórica copiada e colada da veia mais populista hollandista (com os resultados fantásticos que estamos a assistir em França). Pelo meio, Tozé tentou fazer uma pequena traição a Costa. Ou como quem diz: afastar os homens de confiança de Costa dos centros de decisão do partido (Edite Estrela, Capoulas dos Santos, por exemplo) e puxar a si os socratinistas. só assim se compreende a inserção do puppet favorito de José Sócrates (Pedro da Silva Pereira) nas listas para as europeias. Tozé compreendeu perfeitamente que num partido “partido” em vários pelotões, qualquer gregário que acrescente mais uns nomes e mais uns apoios pode ser extremamente valioso.

Por sua vez, Costa, foi passando de fininho entre as gotas da chuva, estando posicionado como um excelente candidato a Belém.

o grande dia chegou. como se esperava, a falta de ideias, a falta de sal e a falta de ratice política do líder do PS teve as suas consequências. conhecido o resultado eleitoral do PS, pensei logo para mim mesmo que os tubarões do partido encarregar-se-iam de fazer a cama a Tozé. Costa deixou, num primeiro momento, Tozé afundar com o partido, para, num segundo momento, aparecer como o nome mais forte e mais consensual dentro do mesmo para atacar a governação. A declaração de intenções manifestada no dia de hoje por Costa já vem com bónus (vide o post escrito pelo João Gabriel no dia de ontem) e poucos minutos depois de ser conhecida publicamente levantou a maior das pressas dentro do partido. De imediato emergiu um rumor que afirmava que um congresso extraordinário já estaria a ser preparado para depois das férias em Setembro. Há quem o peça já para o mês de Julho.

Comments


  1. Quando se mexe na MER…Ela cheira mesmo mal.Dizem que o problema é político e não económico…ainda bem ,pois eles que tratem dessas richas pois que de economia e finanças sabemos bem como deixaram o país na miséria em 2911 para os bombeiros apagarem o fogo.O mal é que os bombeiros não podiam saber (pois não foram eles a pegar nos fogos) que este tinha tanta força.E o que ficou em 2011?Só terra queimada.plantar em terra queimada é difícil.
    Deichem de brincar ao«se te pego»pois de malfeitores já nos chega a S G T P.para arruinar o país.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.