Causa e consequência?

Ainda a propósito das viagens.
Em Maio de 2014, António Costa, Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, recebeu como prenda uma viagem a Turim, Itália, oferecida por uma empresa de Lisboa cotada em Bolsa.
Em Fevereiro de 2015, 8 meses depois, a Câmara Municipal de Lisboa a que António Costa presidia perdoou quase 2 milhões de euros em impostos a essa empresa .

PSD procura candidato para a CML

procura-se candidato para a CML

Ontem no DN. Na linha do antigo anúncio do Aventar.

Câmara de Lisboa deixa que o Hospital da Luz construa em terrenos municipais

luz

José António Cerejo

Lembram-se da escandaleira, sobre a qual muito escrevi no PÚBLICO em 2014/2015, da venda do mais moderno quartel de bombeiros de Lisboa ao que restava do Grupo Espírito Santo (GES) para alargamento do vizinho Hospital da Luz de que era proprietário, junto ao Centro Comercial Colombo?
Se não se lembram, aqui fica o essencial: a Câmara de Lisboa, pela mão de Manuel Salgado, vereador do Urbanismo, autor do projecto do dito hospital e primo direito de Ricardo Salgado (antigo patrão do GES), fez aprovar um plano de pormenor desenhado à medida dos interesses do Hospital da Luz, para que se tornasse possível ampliar esta unidade de saúde para o espaço onde se situava o quartel/museu dos bombeiros municipais; [Read more…]

Se o ridículo render votos, Cristas será sempre a campeã eleitoral

cristas

Descansem camaradas! Não, não vos venho falar da imagem colocada em epígrafe. Não vos venho falar da tentativa frustrada que a autora da imagem fez para tentar transparecer sensualidade de um feio e infantil vestido de kiwis. Não vos venho falar da imagem que a meu ver deverá ter sido o motivo que levou a Juventude Popular a promover a educação para a abstinência sexual nas escolas como aqui ironizou (e bem) o meu camarada João Mendes nem vos venho falar da falta de beleza da senhora, caso para considerar como um terrível act of god para a humanidade. Venho portanto falar-vos de Assunção Cristas, uma líder partidária bifurcada que nos dias que correm se tem assemelhado a um daqueles tentáculos das máquinas de brindes, ora focada em tirar com um crédito coelhos da cartola da gestão de Costa na CML, ora focada em tirar com a outra nabos da púcara do mesmo sujeito na AR nas questões da descida da TSU e da dívida pública.

[Read more…]

Aprendam senhores, aprendam como se enxotam mendigos e afins

radial

José António Cerejo

Este é um texto que era para ser irónico (se eu soubesse sê-lo) e que é dedicado à Câmara de Lisboa e à Junta de Freguesia de Campolide. Resolvi publicá-lo no dia em que, devido à vaga de frio que se faz sentir, foi accionado o plano municipal de contigência para a população sem abrigo.
Ora bem! A Câmara de Lisboa e a Junta de Freguesia de Campolide merecem um prémio. O nome do dito até pode ser Prémio da Inovação Social Autárquica, ou até mesmo do Empreendedorismo Social Autárquico – coisas muito na moda. Imagine-se que, discretamente, sem alarde, nem polémica, conseguiram resolver o problema dos mendigo romenos, um quebra-cabeças que muitas outras autoridades locais, um pouco por toda a Europa, procuram há décadas solucionar sem sucesso.
Que chatice, mendigos nas ruas, gente feia, porca e má a cada esquina e debaixo de cada viaduto, a incomodar quem passa, e quem manda sem poder fazer nada, atado de pés e mãos. E não há muros, arame farpado, rusgas policiais, ou brigadas de limpeza municipal, que lhes resistam.
Os gajos furam por todo o lado e não arredam pé. Chega o Inverno, o frio do Leste empurra-os para terras de clima mais ameno e aí estão eles de novo. É assim desde há mais de vinte anos. Sobretudo desde que a Roménia, com as suas insuportáveis minorias ciganas, aderiu à União Europeia em 2007. [Read more…]

Obras na Segunda Circular: Como se poderia fazer (quase) o mesmo sem gastar 12.75 milhões de euros

Neste post  demonstra-se como o Photoshop e o Google Maps podem ser usados para questionar a utilidade das obras que a Câmara Municipal de Lisboa (CML) vai realizar na Segunda Circular.

A imagem seguinte tem aparecido, repetidamente, como ilustrativa do que será a Segunda Circular depois das obras que a CML pretende realizar.

segunda circular 1

1: Como a CML diz que vai ficar a Segunda Circular depois das obras (fotomontagem)

A primeira reacção que ocorre a quem conhece a área será, certamente, “ena, tanto verde!” E o leitor desatento poderá pensar que vale a pena todo este verde, mesmo que cause algum incómodo. Afinal de contas, quem não quer um melhor ambiente?

Acontece que o verde que as referidas obras irá trazer é muito menor, como se pode constatar na imagem seguinte.
[Read more…]

Ai Mouraria…

Mas que raio se passa na Câmara de Lisboa cujo executivo decidiu expropriar uma série de prédios na Mouraria para que ali se construa uma mesquita? Não colhe a declaração de que os “prédios estão devolutos e em mau estado”, já que uma linha de edifícios sofreu recentes obras de restauro por determinação do próprio Município. Compreendo a fúria estético-urbanística de Manuel Salgado, grande arquitecto mas medíocre político. Mas a deliberação colectiva é surpreendente. Sublinho que se a expropriação fosse para construir um templo de qualquer outra religião – ou servisse qualquer interesse poderoso – esta nota seria exactamente igual. Quem quer construir seja o que for sujeite-se a comprar os terrenos disponíveis e a seguir a lei como toda a gente.