Afinal havia outro (precedente grave)

Uma providência cautelar de um jornalista do Correio da Manhã contra O Independente (2004).
Daqui.

Comments


  1. Não me lembro desse caso, mas do que se lê o que foi proibido foi um jornal de replicar o trabalho jornalístico de outro órgão e não o seu trabalho de informação

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.