Todas as religiões são iguais, mas algumas são mais iguais que outras…


Um chef desloca-se a Israel por razões profissionais, que nada têm a ver com política. Porque alguém ousa não seguir a manada do politicamente correcto, bestas radicais deixam a sua marca de intolerância nas paredes do espaço comercial. Até que as autoridades encontrem e interroguem os cobardes agressores, o que duvido venha a acontecer, não poderemos saber de facto se estamos em presença de anti-semitismo, o que seria um crime muito grave. Curioso, ou talvez não, foi até agora não ter este episódio merecido a mesma veemente condenação por boa parte da opinião publicada e organizações políticas responsáveis, despudoradamente alguma esquerda folclórica próxima da geringonça até apoia os fundamentalistas, estão bem uns para os outros. Depois admirem-se com o crescimento de fenómenos políticos extremistas ou securitários na Europa, o cidadão comum não gosta de bandalhos nem bandalheira. E como resultado não poderia ser pior, do ponto de vista de acção política que era o que pretendiam, como contributo para a discussão do problema israelo-palestiniano é irrelevante, para o chef Avillez foi um tremendo golpe publicitário graças a estes idiotas úteis…

Comments

  1. tá bem tá says:

    “esquerda folclórica”. descaiu-se. tanto azeite.

    pode ser o que chef Avillez aproveite.

    essa esquerda “folclórica” tem sido fundamental para o bom desempenho deste governo. e é contra os atropelos à liberdade.

    sim, vi condenações a este acto por todo o lado.

  2. Abandalhoco says:

    Há um bandalho à solta no Aventar

  3. sweetadriana says:

    “Depois admirem-se com o crescimento de fenómenos políticos extremistas ou securitários na Europa, o cidadão comum não gosta de bandalhos nem bandalheira.”
    Que medo! Com apóstolos assim, pois…não me admira que a pide seja a Fénix para gáudio de alguns.

  4. joão lopes says:

    o politicamente correcto,parece ser a moda,tudo bem,mas vamos la ver as coisas:então se eu apoiar os palestianianos sou uma besta,mas se apoiar os israelitas sou um genio? estou a ironizar,mas este post. tambem parece braquear a actuação dos militares israelitas,que do ponto de vista belico é totalmente desproporcinada em relação ao outro lado.e o problema está longe de estar solucionado,com ou sem o politicamente correcto.

    • Nightwish says:

      Antes fosse só bélico…

      • Rui Silva says:

        Agora também é gastronómico.
        A coisa boa que isto trouxe é que eu não sabia que o Chef Avilez tinha um restaurante no Porto. Na sexta-feira já vou lá experimentar…

        Rui Silva

        • ZE LOPES says:

          Recomendo a “Bazuca marinada no forno com molho de tartaruga” seguida da “Granada gratinada com molho de escabeche”. Tudo especialidades lá do Médio Oriente. Tão crocantes que até rebentam na boca!

  5. Rui Silva says:

    Os Palestinianos são tão maus, mas mesmo tão maus que até se matam uns aos outros.
    Nem entre eles se entendem.
    Israel nada mais faz que legitima defesa.
    O apoio aos palestinianos só é compreensível inserido numa lógica de marxismo cultural, ou seja “sou contra tudo o que possa enfraquecer a cultura ocidental (Capitalismo), porque com o sucesso que tiveram, só pode ter sido à custa dos outros, que foram explorados”.

    Rui Silva

    • Nightwish says:

      Portanto, os tribunais e a polícia deixarem um segmento da população espancar e violar uma minoria, entre muitos outros pormaiores, faz parte da cultura ocidental. Não sabia.

    • tá bem tá says:

      este rui silva é tão primário… ridículo demais. trump assenta-lhe bem.

      • Rui Silva says:

        O “tá bem tá” é dos bem formados. Talvez com licenciatura e tudo.
        Tem uma formação dita Superior, que lhe permite ter a opinião correcta sobre os assuntos, de tal modo que, quem não pensa como ele só pode ser primário, um ser da casta inferior, que não pertence à Aristocracia dos intelectuais. Essa casta inferior deviam ser enviados para os gulags para ser reeducados a pensarem como deve ser.

        Rui SIlva

        • ZE LOPES says:

          “Essa casta inferior deviam ser enviados para os gulags para ser reeducados a pensarem como deve ser”.

          Giro. mas se experimentasse escrever em Portugês, talvez ficasse melhor…

          trumps

          • ZE LOPES says:

            Claro que queria dizer em Português. E o mas, deveria ser com maiúscula. Este Silva até nos estrumpa a todos.

        • joão lopes says:

          com apoiantes como o rui silva ou o Observador,o passos coelho nunca chegará a PM,e corre até o risco de ser corrido do PSD já no proximo ano

    • ZE LOPES says:

      Nisso tem razão! E os portugueses são tão bons, mesmo tão bons, que nunca um português matou outro. Pelo menos nunca ouvi falar, a não ser um episódio um pouco negativo, passado há uns anos lá para os lados de Aljubarrota.

  6. E tão fácil escrever e arrotar ofensas sobre os outros.
    O autor deste post deve ser um exemplo de cidadão!

Trackbacks

  1. […] Fonte: Todas as religiões são iguais, mas algumas são mais iguais que outras… […]

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s