Braga e as luzes

iluminacao-bragaJaime Manso

Era uma vez uma cidade, lá num reino muito longe, que tinha um Governador que passava os dias ao espelho, e mostrou aos seus amigos que era bom estar ao espelho e admirar-se com ele próprio!
Um dia, de tão ocupado de andar a tirar fotografias para as revistas e jornais que o bajulavam esqueceu-se do Natal! Então ligou aos seus amigos e perguntou – E o Natal? Como é do Natal? As luzes e os enfeites!?! – Mas os amigos estavam todos ocupados, uns ao espelho também; outros a matar árvores ou, assinar projectos com parecer negativo (e ao espelho também).

O Povo gritava nas ruas, – AS LUZES DE NATAL?? Os enfeites??

Ele, furibundo, contratou uma empresa cara, pois os amigos do reino viraram-lhe as costas depois dos favores e das traições. Então, enfeitou, já tarde duas ruas da cidade e na praça central levantou, à pressa uma árvore de Natal!


Nada como os outros anos, as ruas do centro continuavam sem iluminação, de Natal, ou de luz pública em algumas delas. A Porta da Cidade, tinha sido esquecida também…
De qualquer forma, convocou os jornalistas; os amigos; e toda a gente que o bajulava e deu uma grande festa de inauguração das luzes, a ver se acalmava o Povo, que se queria sereno!
Assim foi, até ao momento de acender as luzes, em que um menino gritou (não, não foi – O Rei vai Nú!) foi : – Aquilo não é uma árvore de Natal! Aquilo não é uma árvore de Natal!! É uma vela gigante!!
A mãe da criança tapou-lhe a boca com vergonha da verdade, pois a mentira ficava melhor naquela cidade!… E a cidade continuou, a fingir que tinha luzes de Natal; a fingir que estava tudo bem; e o povo serenou e o governador assim fizeram mais fotos de jornais e voltaram para os seus gabinetes olhando para os seus belos espelhos!

(Conto de Natal ficcionado, qualquer semelhança com a realidade é pura coincidência. Imagem meramente ilustrativa)

Comments

  1. Pedro says:

    É uma coisa grande com luzes. As árvores de Natal estão cada vez mais estilizadas, mas não é só em Braga.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.