Golpe de Estado em curso na São Caetano à Lapa

ppc

Diz o Expresso que os críticos de Pedro Passos Coelho já reuniram as assinaturas necessárias para forçar um congresso. Um ano depois, o fantasma do Golpe de Estado está de volta: a oposição a sair do armário, as intrigas palacianas, a imprensa com Rui Rio em ombros, os sucessivos trambolhões nas sondagens e até o chefe da Geringonça já pisca o olho aos patrões, oferecendo-lhes uma simpática descida da TSU, qual capitalista com pele de esquerdalho.

O Estalinismo minou tudo à tua volta, Pedro. Até a Assunção te tem na mão. És o elo mais fraco. Adeus.

Foto: Daniel Rocha@Público

Comments


  1. E o Expresso já a manobrar……..

    Hoje o PR almoça com PPC.

    Algo parece empurrar-nos, outra vez, para o tal de “arco de governação do centrão”.

    E aí, estamos tramad@s!

    O pessoal só consegue umas migalhas sem maiorias absolutas ou centrões de compadrios vários.

    Abaixo as maiorias absolutas!
    Abaixo os centrões!

    • Paulo Só says:

      Só vamos para o centrão se o António Costa tiver febre amarela. Portugal está bem posicionado para se safar quando todos os governos do Centrão (Merkel etc) estiverem a cair da boca aos cães. Tem de aguentar mais um ano., até às eleições na Alemanha.

  2. joão lopes says:

    parece que sou bruxo.os apoiantes do Passo,a ofenderem o mais que podem o Marcelo porque não dá uma ajuda ao coitadinho do nobre menino,e agora o menino é convidado pelo Marcelo,o que significa que amanha o Marcelo já é o maior para os neoliberais.mas se por sua vez ,o Passos cair em desgarça(ou seja,adminitrador não executivo de uma empresa de ladrões),então é vêr os apoiantes do Passos a espetarem facas nas costas do proprio chefe,até porque aquela matilha que o Relvas deu fama,é mesmo assim …é o dinheirinho que é muito importante,o rico dinheirinho ,sempre o rico dinheirinho…(a cristas vai gastar o dinheirinho com o toni carreira ah,ah,ah,ah)

  3. Afonso Valverde says:

    O Sr. Montenegro é mais um da seita do avental.
    Nada disto interessa ao povo.

  4. anti pafioso diabrete says:

    Vai-te embora o melga ,antes de seres corrido .


  5. Deixa cá ver:

    -ele não ganhou as eleições;
    – foi ele que mandou vir a troika;
    – foi ele que negociou as condições com a troika;
    – foi ele que faliu o país;
    – não foi ele que recolocou o país com acesso aos mercados, quer dizer à guita;
    – não foi ele que baixou o défice para menos de metade, dos 11,5%%%%%%%%%
    – não foi ele que pôs os trabalhadores do público a arranhar 40h, como todos os demais (eu sei, são de 2ª categoria, ou casta inferior)
    – foi ele que deixou os cofres vazios!!!!!!!!!!!!!!!
    -…é o rapaz NÃO fez nada, ide pentear macacos, os escribas de serviço deste blog devem pertencer a uma casta superior, a tal das 35h, com reformas mais cedo e salários médios o triplo dos da casta inf…., dá gosto vir aqui!

  6. Ricardo Almeida says:

    O fantasma da possível maioria absoluta do PS vai andar a assombrar a Geringonça a cada sondagem em que este suba meio ponto que seja. Vai ser uma questão de tempo até os saudosos do velho regime peguem nisto e iniciem as suas manobras de envenenamento mediático. Prevejo mais uma coleção de posters da JSD no futuro.
    Só quem ainda não percebeu que a força e sucesso da Geringonça está directamente associada à pluralidade de ideologias e ao facto de um partido minado de falsos esquerdistas como o PS estar em permanente xeque é que não fica apreensivo com esta subida de popularidade,

Trackbacks


  1. […] Na mensagem de Natal dirigida aos fiéis da São Caetano à Lapa, Pedro Passos Coelho voltou a faltar à verdade, ao afirmar que o seu partido não alinha em “encenações, opacidade e ocultações”. É claro que, e porque ainda existe esperança para o PSD, nem todos os militantes daquele partido alinham ou alinharam nos vários casos em que Passos Coelho ou alguns dos seus mais próximos colaboradores alinharam em “encenações, opacidade e ocultações”. Politicamente moribundo, o ainda líder do PSD atravessa inclusive um momento em que a oposição interna finalmente decidiu sair do armário e iniciar uma pequena rebelião com intuito de depor o comandante-chefe laranja. É o golpe de Estado. […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.