Alucinações colectivas à direita


Não é que surpreenda, ou não tivesse Paulo Núncio um historial de desvios estalinistas. Agora sabemos também que o ex-secretário de Estado do governo Passos/Portas esteve envolvido em negócios com Hugo Chávez, esse perigoso comunista, através do escritório Garrigues, onde entre 2008 e 2010 integrou a equipa que prestava serviço à petrolífera estatal venezuelana, a PDVSA, que, meses depois, já com Núncio na pasta dos Assuntos Fiscais, retirou do país cerca de 80% dos polémicos 10 mil milhões de euros, com a ajuda do BES, que curiosamente foram parar ao offshore do Panamá. Os tais 10 mil milhões que levaram Núncio a mentir descaradamente ao país. E para que não restem dúvidas quanto à imparcialidade desta informação, a notícia chega-nos do Observador.

Tudo isto aconteceu no mesmo dia em que o PSD, pela voz do deputado Leitão Amaro, responsabilizou o actual governo pela falta de fiscalização de transferências para offshores ocorridas entre 2011 e 2014. Quando o actual governo era oposição. Portanto a coisa acontece debaixo do nariz da Caranguejola, mas a culpa é dos tipos que vieram depois por causa de um procedimento burocrático qualquer. Genial. A fazer lembrar aquela história das sanções, que apesar de serem referentes aos anos de 2014 e 2015, também eram, aparentemente, culpa da Geringonça. Ainda tivemos direito ao show Maria Luís e à chantagem exercida pela casa-mãe do PSD e do CDS a favor da aplicação de sanções ao estado português, mas a União Europeia encarregou-se de remeter a propaganda laranja para a sarjeta. Horas depois, num jantar-comício em Lisboa, Passos Coelho acusava o governo de “desonestidade política”. Só podem tomar-nos a todos por estúpidos.

Imagem via Uma Página Numa Rede Social

Comments

  1. Ana A. says:

    Eles bem sabem que não somos todos estúpidos!
    Mas, com os que são mesmo estúpidos, os desinformados e os seguidores com palas, lá vão eles compondo o ramalhete de votantes, que lhes vão assegurando os lugares no Parlamento.

  2. esteves,ayres says:

    Um excelente dia para dizer mal desta cambada (dia13!!)!
    Mas MP ainda não fez nada?
    Mas se fosse uma cidadã pobre, sem recurso económicos, uma investigador bolsista, a Maria de Lurdes Rodrigues, que se encontra presa em tires, por ter a coragem de dizer umas tantas verdades em tribunal, sobre a “justiça” em Portugal. O que lhe aconteceu, foi de imediato presa por três anos, e esta canalha nem se quer, colocam uma coleira ao pescoço ( ou numa das pernas)!
    Agora só falta perguntar a “Aventar”, onde têm andam este tempo todo, ainda não vi nenhum democrata e de esquerda e de direita a fazer um pequeno artigo que seja, sobre esta investigadora!
    Espero para ver?

  3. joão lopes says:

    a caranguejola parece os caçadores de Portugal,que primeiro arrasam os bichos…e no fim dizem que a culpa é da natureza(das raposas,esse bicho tão mal tratado e com má fama,que assalta tudo,mas como é que cada vez menos raposas,assaltam cada vez mais galinheiros? um paradoxo e um misterio,portanto)

  4. Deixemo-nos de pruridos e demagogia barata que só convencem ou tontos ou sonços. É dos livros. “CHercher la femme”. É essa a melhor maneira de rapidamente encontrar o criminoso. Colocar um especialista nessa complexa teia criminosa de offshores, que no entanto se encontra de certa maneira legalizada pelos Estados e governos que foram capturados pelos interesses do grande capital, no lugar de secretário de Estado dos Assuntos fiscais onde depois fez o que fez é uma obra quase perfeita. Colocar a raposa no galinheiro só pode mesmo dar desbaste. A legalização dos offshores em qualquer sociedade de bem não faz qualquer sentido é quase como legalizar a importação de droga mas depois proibir a sua venda. Onde está a lógica e qual o interesse da existência dos offshores?

  5. anti pafioso. says:

    Os métodos utilizados pela quadrilha de malfeitores Pafiosos ,nem a PIDE se atrevia a tanto.onde estão os criminosos da direita e extrema direita presos para investigação ?

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s