O PS é o Estado, segundo Elisa Ferreira

 
Elisa Ferreira esteve ontem em campanha no bairro do Viso, no Porto. Para além de dizer que só vai ao Parlamento Europeu «dar o nome» e que volta logo, disse esta pérola como remoque a Rui Rio: «Pintaram os bairros sociais mas esqueceram-se de dizer que o dinheiro é do Estado, é do PS.»
Assim mesmo. Textualmente, como transcreve a edição de hoje do «Jornal de Notícias».
Então, o dinheiro do Estado é do PS? Então, o PS é o Estado?
Parece que sim.
«L’État c’est moi!», e nem Luis XIV diria melhor.

Comments

  1. Carlos Fonseca says:

    Se o dinheiro do Estado é do PS, logo é do Sócrates & Cia.. Obrigado Elisa, mas muitos de nós já tinhamos percebido isso há muito tempo.


  2. Se o PS é o Estado e se o Estado somo todos nós, então todos nós somos o PS. Que medo medonho.

  3. Luis Moreira says:

    Cá me parecia…


  4. Esta é uma forma de dizer que o Sol brilha para todos nós.

Trackbacks


  1. […] da campanha eleitoral para as europeias de 2009 quando Elisa Ferreira, de visita ao  bairro do Viso, no Porto, afirmou que «pintaram os bairros sociais mas […]