O Porto e o erro de Elisa

O Porto e o erro de Elisa:

A sondagem do Jornal de Notícias (JN, RTP, DN e TSF) para a Câmara do Porto não deixa grande margem para dúvidas.

A vitória de Rui Rio é clara e esmagadora. Desta forma, Rio avança para um último mandato com uma clara maioria absoluta podendo, se esse for o seu desejo, preparar o caminho para o sucessor. Algo que costuma dar asneira, mas essa é outra conversa.
A candidata do Partido Socialista, Elisa Ferreira, cometeu um erro crasso e pelo qual está a pagar bem caro. O Porto e os Portuenses não gostam de ser segunda escolha. Já provaram no passado, com Fernando Gomes, que não perdoam este tipo de tácticas. Eu pensava que o PS do Porto tinha aprendido a lição mas verifico, ao assistir à repetição do erro, que não aprenderam nada. O que, sinceramente, lamento profundamente. O Porto precisa de uma alternativa forte que obrigue a pensar a cidade. Uma outra cidade.

Adaptando uma afirmação que ouvi recentemente a um padre, o Porto pode ser pensado de duas formas distintas: ou acreditamos num Porto grande ou preferimos um Porto pequeno. Tal como ele, eu prefiro a primeira hipótese.

Comments

  1. Luis Moreira says:

    O Porto respeita Rui Rio. E Rui Rio tem um profundo respeito pelo Porto. Não precisa de ser mais nada, o máximo para ele é ser Presidente da Câmara do Porto. Mesmo que alguma vez venha a ser alguma coisa a nível nacional. Naquele cartaz da Europeias do PS está todo um programa (no aventar chamamos a atenção para isso.)


  2. Não sei se o Porto respeita RRio ou se apenas o tolera. Não sei se RRio nutre esse profundo respeito pelo Porto mas quero acreditar que assim seja. Não sei se não julga o Porto pequeno para a sua, compreensível, ambição.Uma coisa eu sei: eu quero um Porto grande, que vá de parte de Gaia a Matosinhos passando por parte da Maia. Quero um Porto que seja o farol da região. Quero um Porto que seja, novamente, o motor do desenvolvimento – económico, social e cultural – do Norte. Eu quero um Porto-cidade, um Porto-região de bem consigo e com os seus. Eu quero. Quero muito. Não sei se o tenho com RRio. Até gostava. Mas não sei. Não o tenho tido. Continuo a ter um Porto pequeno mas quero um Porto grande. Mas se calhar sou eu que tenho a mania das grandezas ou um amor estúpido a esta terra. A minha terra. As minhas raízes.O defeito é meu, de certeza.

  3. Luis Moreira says:

    Eu não estou no Porto tenho aí família chegada, mas não é a mesma coisa. mas o que se vê cá de longe é um político sério, interessado na cidade e principalmente sem os envolvimentos que aqui em Lisboa,por exemplo, são nítidos.


  4. […] Publicado por CAA em 1 Julho, 2009 Por Fernando Moreira de Sá, no Aventar. […]

  5. Luis Moreira says:

    Grande Fernando, aventar e blasfemar não há igual.

  6. nuno granja says:

    Sou portuense (não confundir com portista), nasci cá e moro cá, apioante de Rui Rio e para além do erros de casting e desonestidade da Elisa Ferreira, acho preocupante para a higiene da democracia, que o PS local não consiga produzir uma alternativa credivel, pois 3 mandatos é um limite e todos sabemos o que a exposição prolongada ao poder faz às pessoasNão sou apioante fanatico de Rui Rio, sei que tem aspectos menos bons, mas considero sem qualquer duvida a melhor opção para cidade no momento.Creio que respeita os cidadãos na medida em que se preocupa com a forma como é usado o dinheiro que eu pago em impostos, que ao contrário do que Elisa Ferreira afirmou numa acção de campanha não é “dinheiro do PS”.Afirmar que o dinheiro investido no Porto é “dinheiro do PS”, é para mim uma profunda falta de respeito por quem paga impostos.Vou mudar para Lisboa em Agosto e se já lá morasse nunca votaria em Santana Lopes. escolheria antes um dos outros candidatos, com excepção para o do PCP, pois nunca votaria num comunista pelos mesmos motivos que nunca votaria num fascista.

  7. hajapachorra says:

    O Porto tem Câmara Municipal? Alguma vez teve? É difícil encontrar na Europa, talvez só em Lisboa, cidade mais suja, mais estragada, mais abandonada. É passar nas ruas do Almada, Torrinha, nas praça Filipa de Lencastre, na Galiza, no Marquês ou na Gonçalo Cristóvão à noite, na freguesia de Campanhã, nas traseiras da rua da Boavista. É ver as multidões a vazar lixo e a escarrar no chão. É ver a porcaria que fizeram nos Aliados, o metro urbano de uma linha só, o caos de Rio Tinto (é Gondomar, bem sei), as obras e obrinhas nunca terminadas, a Universidade estragulada pela dispersão geográfica, a ausência de elites, as escolas de merda. Rio é um jotinha, mais apresentável que o socretino, mas não deixa de ser uma jotinha inútil, o Lopes, o Sá, a Alda e os pacóvios do PS, tud tralha inapresentável.

  8. maria monteiro says:

    Haja pachorra digo eu…. O Porto não tem Câmara Municipal? Então as gentes devem ter votado em quem? Para quê? Provavelmente nalgum clube …. talvez FCP


  9. O Porto é hoje uma cidade triste, apagada e amorfa. Não chegam uns chavões com que todos concordamos, nem umas provas de equipamentos a motor. É necessário mais.

  10. Antonio Moreira says:

    Nada me espantam os resultados da sondagem.Muito menos me espantará se os resultados da votação vierem a confirmar os da sondagem.Apenas viriam reforçar aquilo que (infelizmente) há muito já verifiquei.A maioria dos meus concidadãos é desinformada, desinteressada e “desinteligente”.De entre os meus concidadãos que ainda votam essa maioria é esmagadora.Em “democracia” (e a maioria dos meus concidadãos é assim que designa este regime) a maioria é que decide.Faça-lhes bom proveito.Antonio Moreira

  11. maria monteiro says:

    Pois só com a queda do prefixo, que infelizmente ainda existe (nuns mais, noutros menos) em todos nós, é que se constrói a verdadeira democracia (des)informada, (des)interessada e (des)inteligente

  12. Chico da Tasca says:

    É reconfortante ver como tem tempo para comentar tudo e mais alguma coisa e, mesmo assim, consegue limpar a casa.

  13. maria monteiro says:

    Sr. Chico da Tasca, pelas suas palavras será que isso é inveja? Se assim for digo-lhe que…. merece 10000000000000 anos no purgatório.Bem-haja pelos seus comentários sempre tão apropriados… a comunidade da blogosfera está-lhe eternamente grata… Cure-se senão ainda vai parar ao inferno.

Deixar uma resposta