QUE DISTRAÍDOS QUE NÓS ANDAMOS!

Um cidadão! Um voto!
Estamos em democracia! Maravilha!
Nós andamos distraídos com os fumos de incenso (ou charro) que os nossos governantes e tantos outros (i) responsáveis vão espargindo pelos canais da estupidez institucionalizada, sobretudo nestas eleições. Aos muitos pataratas que enxameiam de caras ocas os milhares de outdoors, aos directores disto e daquilo cujo mérito nunca ninguém viu, aos comentadores que dão vontade de rir pelas ostensivas banalidades que vomitam, aos bem traquejados corruptos deste país, aos ressequidos economistas e curandeiros de um cancro financeiro incurável, que eles próprios geraram, aos pregadores da oração como arma politiqueira de arremesso, é-lhes dado todo o poder e toda a liberdade de comunicação. Os donos da “informação” lambem-se todos com as suas sensaborices. Preenchem o tempo, dão “vida” ao canal, deixam os neurónios em paz e criam audiência. Os donos da informação sabem-na toda! Olha quem!
A verdadeira informação, a informação das pessoas sábias, sérias e honestas, aquela que, eventualmente, poderia ter poder para mudar comportamentos não existe. Nem se pode deixar que exista! Há, isso sim, uma total liberdade “democrática” para usar, de forma humilhante e perversa, a eterna desinformação que mantém moldadas as cabeças de um povo sem vontade, massificado e estupidificado.

Comments

  1. Daniel Rosa says:

    Quando vamos passar à acção ?Também estou farto de tudo isto…, vamos lá!!!916475455Abraços


  2. Oh Daniel posso inocentemente perguntar para que é o nº de telemóvel que deixaste? É para a Samantha Fox te ligar ou já andas mesmo nervoso com o Sócrates a este ponto??!!!dalby, não te exaltes nem grites….foi só uma perguntinha inocente!!!

Deixar uma resposta