O eduquês à moda de Maria de Lurdes Rodrigues (I)

Como já disse aqui, neste ano lectivo fiquei colocado perto de casa. Com o fim dos QZP, estava preocupado porque não tinha conseguido tornar-me QE. Ou melhor, QA, como agora se diz. Bem bom, acabei por ficar colocado via DACL (não por DCE ou DAR, não venham já com a treta dos privilégios)!
Pior ficou uma amiga, CN há 10 anos, que teve de se contentar com os EPE, como acabei de ver na DGRHE. Mas compreende-se, não tem PF, apenas PP, e, por incrível que pareça, só tem habilitações do nível BFC. Já o namorado dela, por ser FIN, nem sequer pôde concorrer.
Mal entrei na escola, dirigi-me ao PCE, que me deu uma cópia do RI e me esclareceu, para eu ficar descansado, que esta escola não é um TEIP. O que não quer dizer nada, claro está… Disse-me também que fazem parte do Agrupamento, para além desta Escola, um JI, uma EBI e várias EB1, onde se leccionam as AEC.
Recebi também o meu horário. Felizmente, não vou ter nenhuma turma de CEF. Para além das turmas regulares, vou dar assistência ao GABAPAL e à BE, para além, claro, das inevitáveis AS.
Nesse mesmo dia, tive a minha primeira reunião de DCSH. Por ser SC de Grupo, vou ter algum trabalho burocrático, no qual se inclui a elaboração do PCG. Esteve presente um colega das Ciências, que nos falou da importância do PTE.
Nada que se compare, no entanto, ao trabalho que vou ter como DT.
Aliás, no CT que dirigi, e que se realizou no dia seguinte, deparei-me com a dura realidade: fazer o PCT, organizar o PEI (antigo PIA), fazer a interligação com o SPO e com o CPCJ, escolher os temas gerais das ACND (AP, FC e EA) e ainda motivar os alunos para o PNL, para o PAM e para o PES. Ufa! Felizmente, vou ter a colaboração dos restantes elementos do CT e dos EE.
Ainda por cima, tenho de falar com as professoras do EE por causa dos alunos NEE e tenho de encaminhar alguns deles para a ASE.
Depois disto tudo, bem podem vir com os OI, com a AA e com a palhaçada da ADD. Não mexo uma palha. Porque do que eu precisava mesmo era de uma LSV!
Agora vou embora que ainda tenho um PAA para acabar. Felizmente, o PPA já está feito. Amanhã, há reunião do CP, mas felizmente não faço parte desse órgão. Em contrapartida, terei de estar presente numa reunião do H1N1, em que durante três horas me vão ensinar a lavar as mãos.

Comments


  1. Chinês, meu caro. Ou melhor dizendo: mandarim. Assim vai a profissão de professor…

  2. Elisabete says:

    Bem vindo à realidade das evidências. 😉

  3. Ricardo Santos Pinto says:

    Evidências? Como é que não me lembrei disso.