O debate Sócrates – Ferreira Leite (agora a frio)

Passaram as emoções do grande debate de ontem à noite e uma cama faz bem a qualquer um. Uma pessoa reflecte, vê de novo o debate e acaba por formar uma opinião definitiva. Como sabem, sou completamente anti-Sócrates e estou ansioso por me tornar, a partir do dia 27, completamente anti-Ferreira Leite. Só que, como não se pode tratar dos dois ao mesmo tempo, tratemos primeiro deste e arrumemos a figura a um canto da lusa história. Teremos então tempo para tratar da dita senhora.
Posto isto, depois de analisar as coisas mais friamente, parece-me que Manuela Ferreira Leite venceu o debate por uma ligeira vantagem. Mais. Tendo em conta as expectativas que estavam criadas, a de uma humilhação sem precedentes, foi mesmo uma grande vitória para a candidata do PSD. Claro que, entre os meus critérios, não está aquele que fala mehor, aquele que tem mais presença, aquele que apresenta uma imagem melhor.
É verdade, como alguém disse numa caixa de comentários daqui do Aventar, que a senhora muda demasiadas vezes de opinião e que só é séria quando não se ri. Mas não são assim todos os políticos? Basta ouvir a forma como o primeiro-ministro falou dos professores durante quatro anos e a forma como fala agora. E depois destes quatro anos, alguém pode realmente acreditar que José Sócrates é diferente dos outros? Alguém pode acreditar que José Sócrates é sério?
Pronto, era isto. Agora de forma fria e racional, Manuela Ferreira Leite ganhou. Ganhou, sim, ganhou.

Comments


  1. Concordo inteiramente com o que acabou de escrever..


  2. Creio que fui eu quem fez essas críticas à líder do PSD ou, pelo menos, fui um deles. Estou de acordo consigo no que se refere ao Sócrates – é um mentiroso, se não é corrupto protege corruptos, e oxalá vá rapidamente tratar da vida dele para um conselho de administração qualquer. Acho é que a Manuela Ferreira Leite é igualmente mentirosa, protegerá a corrupção se for caso disso (veja-se o apoio dela ao ogre da Madeira) e que, como diz, se formar governo deve começar a ser atacada logo no primeiro dia do mandato.

  3. viana says:

    “Só que, como não se pode tratar dos dois ao mesmo tempo, tratemos primeiro deste e arrumemos a figura a um canto da lusa história. Teremos então tempo para tratar da dita senhora.”Correctíssimo.