Fui ao cinema – Abraços rotos

Tenho que confessar que fui ver a Penélope! Desta vez o Almodovar enrola a questão, é dificil como habitualmente, mas o golpe de asa não se dá. Há ali vidas paralelas, presentes e passados, emoções, paixões e segredos, mas não ganha asas, patina.

Momentos de bom cinema, concerteza, mas não é um grande filme, longe disso. Actores seguros em registo credível, a maioria “actores Almodovar”, com o humor subtil de quem olha para a vida com uma certa distância, não a pode levar completamente a sério. É pesado demais.

E, claro, a Penélope, linda de morrer!

Comments


  1. ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ

  2. carla romualdo says:

    Ainda não vi mas disseram-me que vai na linha do “La mala educación”, um registo mais negro do que o habitual. Já achei que ao “Volver” faltava fôlego, não trazia muito de novo. Mas continuo a não perder nenhum filme dele. Quanto à Pé, é nos filmes dele que está mais bonita e que representa melhor.