Masturbação? Punheta? Pívia? Mas que merda de blogue é este?

Aqui há uns meses, decidi convidar para o Aventar o João José Cardoso, depois de ver um comentário dele no Jugular. Vindo daquelas bandas bloguísticas (não falo das Beiras e dos palonços que por lá pululam, atenção!), não podia ser grande coisa e hoje, depois deste «post», acabo de o confirmar.
Pois o meu colega João José Cardoso, não contente por fazer um «post» sobre masturbação, onde utiliza também expressões indecorosas como punheta, pívea, etc., ainda desdenha da Associação Pró-Vida e da luta contra este pecado. Só faltou usar também as expressões bronha, despentear o palhaço, afogar o ganso, esgalhar o pessegueiro, tocar ao zarolho e outras que tais.
O facto de eu ter brincado milhares de vezes com os meus cinco amiguinhos, durante a adolescência, não vem ao caso. Tenho vergonha de o reconhecer.
Mas para João José Cardoso, a masturbação é uma actividade muito normal. Só lhe faltou dizer que é uma actividade nobre. E a seguir? Vai dizer que se as raparigas enfiarem a mão inteira na boca do corpo também fazem muito bem?
Meus amigos, a Enciclopédia Lello Universal, de 1981, na página 187 do 2.º volume, desfaz quaisquer dúvidas: «Masturbar-se: Praticar em si prazeres sexuais nocivos à saúde».
Nocivos à saúde. Entendido agora, seus tarados?

Comments

  1. Belina Moura says:

    Parece-me é que o tarado és tu. Mas vives em que século? “nocivos á saúde”?????No meu dicionário aparece, como definição: “Praticar em si prazeres sexuais sem intervenção de outrem”.Porra!

  2. Ricardo Santos Pinto says:

    Ó Belina, se estou a dizer que na pág. 187 da Enciclopédia Lello, de 1981, diz isso, é porque diz. Achas que eu ia inventar?

  3. Belina Moura says:

    Pois, vi logo, de 1981. Século passado!Estamos em 2009!! E eu li na pág. 96 do Moderno Dicionário da Língua Portuguesa, da Lexicoteca, que foi editado em 1985, sim, mas é um “pouquinho” mais actual.Tu vives mesmo no século passado, não é?Evolui! Ou queres me fazer querer que tu nunca… E que, se já o fizeste, te condenas por tal acto?????Hellooooooooooo

  4. isac says:

    Despentear o palhaço?!? Esta nunca tinha ouvido…

  5. Ricardo Santos Pinto says:

    Eu não acredito que não percebas quando se está a brincar ou quando se está a falar a sério. Não acredito que tenhas acreditado numa única linha do que escrevi. Valha-me Deus.

  6. Belina Moura says:

    Nem eu!Mas o importante é fazer, não é? Ou não fazer, segundo o Ricardo…eheheheheh

  7. Belina Moura says:

    Pois não acreditei. Acredita agora tu.Ah, esse sentido de humor!…

  8. Ricardo Santos Pinto says:

    Acredito, claro que acredito. Mas já passei por cada uma, nisto dos blogues, por escrever coisas completamente a brincar que as pessoas levaram a sério. Olha, saí do histórico blogue «5 Dias» exactamente por uma questão dessas. Foi quando decidi lançar o Aventar, por isso acho que valeu a pena.

  9. Belina Moura says:

    Mas se tu gostas assim tanto de brincar como eu, também entendes o génio brincalhão do nosso Dalby, né?E no fim deste mês vocês os autores sempre vão organizar cá no Porto o tal almoço do Aventar? Eu e o Dalby vamos, está prometido!


  10. Oh Belina não percas tempo com ele..dá-lhe é uma grade de cervejas que ele começa a achar piada a tudo..o gajo é marado..está fucked up dos cornos…e quando foi buscar o jose nao sei das quantas pires ao jugular devia era ter ficado lá com ele…e casarem e serem muito felizes dassss que seca zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz