Fernando Lima afastado

Vejamos. O Presidente da República “afastou” Fernando Lima do cargo de responsável pela assessoria para a Comunicação Social, que passará a ser desempenhado por José Carlos Vieira.

Afastou. Não sabemos se foi demitido, se preferiu demitir-se, se ambas as coisas ou nenhuma. Fernando Lima, a “fonte anónima” do jornal Público no caso das escutas, já não mora no Palácio de Belém. Afinal, Cavaco preferiu não esperar mais tempo e agiu. Ou mandou agir.

Fernando Lima não se deve queixar. Tal como José Sócrates no caso de Manuela Ferreira Leite, o ex-assessor de Cavaco Silva, primeiro no Governo e agora na Presidência, pôs-se a jeito. Orquestrando ou não o caso das escutas, é agora claro que foi a ‘garganta funda’ do jornal.

Cavaco Silva, tenha ou não alguma responsabilidade em todo o caso, resolveu cortar o mal pela raiz e apontar um culpado. Mas também ele sai derrotado nesta história. 

Comments

  1. Luis Moreira says:

    O mexilhão leve sempre com a onda contra a rocha…

  2. Ricardo Santos Pinto says:

    Se Fernando Lima fez alguma coisa, fê-lo de certeza com o conhecimento de Cavaco. Digo eu…


  3. É o que parece, não é? Afinal, convém não esquecer que Fernando Lima era um homem da confiança de Cavaco Silva desde há muitos anos.Mas, às vezes, nem sempre o que parece, é.Convinha que este caso fosse esclarecido com todo o rigor. Ou temos o célebre pântano a caminho.

  4. maria monteiro says:

    isto de cair em certas tentações é … pecado

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.