FUTAventar – O Braga é um tratado

É um prazer ver jogar o Braga. Tem uma defesa segura, dois laterais que se fartam de correr e apoiar o ataque, uma linha média onde se juntam a capacidade de recuperar a bola e a visão, à distância, de colocar a bola do Hugo Viana.

O ataque ainda não é eficaz, constrói muitas oportunidades mas marca poucos golos e ninguem é campeão sem marcar golos. Mas tem trunfos, como é o Adriano que é um bom jogador de área. Com paciência, o Adriano pode ser o ás de trunfo, daqui a uns tempos, quando a fadiga se fizer sentir em jogadores muito rápidos como são o Alan e o Paulo César.

Bem gostaria de ver o Braga campeão, mas falta-lhe o peso que, por exemplo, os Loureiros tinham no Boavista. Sem “mexer” na arbitragem o Braga tem que ser muito melhor do que os outros para aspirar a ser campeão!

Talvez o Pintinho dê um jeito, já que este ano não tem equipa para ganhar. Assim evitava ter de ouvir os lampiões…