Maité, não abras a boca

A menina veio agora dizer que afinal se trata de humor, que lá no Brazil até gozam com o Lula e com gente importante. Coitada da rapariga está convencida que nós cá não chamamos mentiroso ao primeiro ministro, Pinóquio e o mais que for preciso, à Lurdinhas, à Manela…

A menina não percebeu que nós não lhe perdoamos porque ela brincou com o Mosteiro dos Jerónimos e com Sintra. No primeiro, cuspiu, mostrando aliás uma bela técnica que me faz adivinhar que tem tido muito treino em actuações bem mais recatadas…

Em Sintra, chamou a atenção para um três que, segundo ela, está ao contrário. A pobrecita, nem sequer tem imaginação, que na terra que Lord Byron amou aquela silhueta faz mais lembrar uma mulher de costas a oferecer-se ao seu amante. Lá está a cabeça, levemente inclinada sobre o peito no abandono do amor, as costas arqueadas em leve arfar, a cintura de vespa, e a seguir, voluptuosas, as ancas que recebem o seu homem.

Mas, realmente, não lhe podemos pedir o que não tem. E ainda não há lipoaspirações aos neuróneos!

Não faz ideia nenhuma sobre a história daqueles lugares, julga mesmo que tudo se resume a praia e a caipirinha, entremeada com “rapidinhas” no areal. Quando está de mal de massas vem a Portugal vender literatura de cordel e novelas de mau gosto.

Te amo, Portugau…

Comments

  1. Youri Paiva says:

    Mas o que é que isto interessa?

  2. Luis Moreira says:

    Ela não sabe o que representam os Jerónimos e isso é que é imperdoável.

  3. Youri Paiva says:

    E, novamente, o que é que isso interessa?Eu quero lá saber se uma actriz, seja qual for a sua nacionalidade, diz umas palermices e não sabe o que são os Jerónimos.Tu praticamente a chamaste de puta, que é bem mais simpático.

  4. Rui Jorge Nunes says:

    Eu não quero saber quem a senhora é, mas tem que se fazer alguma coisa, eu vou ao Brasil e não vou fazer graça com a miséria nem com a ignorância da maioria do povo Brasileiro.Esta senhora deve ser criticada mais que não seja por ter tempo de antena.Não se esqueçam que o actor principal nas anedotas dos Brasileiros é sempre um Português, e por muito sentido de humor que se tenha, cansa.

  5. F.Miguel says:

    Resposta a Maitê Proença e às amigas do Saia Justahttp://www.youtube.com/watch?v=fDT3N77XeCo&feature=relatedHitler Reage à reportagem de Maitê Proença em Portugalhttp://www.youtube.com/watch?v=xSX3uO7Yw2QBem vindos a Portugal, o 2 país mais antigo da Europa.Criador de arquétipos de ideias , feitas palavras logo aceitação , para o humanismo como :CivismoMulataPreto / NegroSaudadeO “colonizador” , muitas vezes de forma pejorativa , pós 500 anos, ainda na boca de um país feito em Amor, dai o seu tamanho continental ao invés de umas republicazinhas muito mais fáceis de gerir e dominar…como foi feito pelo ideário dos Castelhanos.Esse “colonizador “ , referido pelo pai do Comunismo Mao T.T. , à Republica P.da China como:“ O único colonizador possível, pois sempre se integrou como um todo, e nunca como apartheids e formas discricionárias de uma falsa superioridade”A todo os devaneios, e bílis que moldam a ignorância esse Rio sempre tão apetecível a quem pouco simples, pouco pede, pouco aproveita. Alguns defeitos sempre, algumas qualidades sempre também…Deixamos , desde Portugal, um conselho a esse mundo de totens , um devir Luso como uma procura mais firme e longe :http://www.youtube.com/watch?v=lU6zbbjiefUA todos o herói luso, um poeta. A toda uma revolução de cravos.Deixamos estas migalhas, para quem da bondade interpreta por burro , a quem do coração tranquilo interpreta por apatia. As diferenças induzem a erros, mas não são impossíveis de interiorizar..apreender….apreciar…admirar…quem sabe um dia…Terra velha, com rosto moldado em sal, todos os sussurros que gemes pensamentos , trazem palhas simples demais aos olhos imaturos Oxalá o teu Brasil Maitê , não se acanhe, não se aflija, mas sossegue confortado Proença.De Um F.Miguel esguia de Celta, negro por dentro África tostado, com branco do Norte húmido, e loiro por olhar o céu Português do Porto, Português do Mundo. Poesis, poetas malditos a rifar assobios, com carácter urgente ao mundo de missão.Oxalá te traga luz, como uma piquena caixinha madeira, de música e frutos de Outono.Abraços Lusos , feitos de carne e braços, e pérolas que um dia sonhei desejar no ar, como coisas possíveis e naturais : esferas aladas de marfim.

  6. Godlike says:

    não consegui arranjar o mail dela, mas podes deixar recado pelo do marido:emouradp@br.inter.net