Talento vs Sistema

Também fui dos que teve o privilégio de, na última 5ª, ir ao Estádio da Luz ver aquele magnifico recital ao vivo.

Durante momentos, sonhei.

Este fim-de-semana acordei para a realidade: O Porto ganha 3-2 com um penalty perdoado ao Bruno Alves quando estava 0-0 (como com o Leixões), e ainda um golo em offside do Farías, tipo o que aconteceu em Paços de Ferreira (com a diferença de que lá seria o Paços a marcar, e o jogador estava em posição regular).

Nos últimos anos uma parte de mim diz para me ir habituando. Lembro-me da época passada, em que, não tendo jogado particularmente bem, o SLB provavelmente teria sido campeão, não estivesse o nosso futebol controladissimo por uma certa máfia que os adeptos do FCP continuam a deixar que reine o seu clube.

Mas penso: este ano vai ser diferente. Este ano podem anular 3 golos por jogo ao SLB que as vitórias continuarão a suceder-se.

Contudo, no meio dos meus pensamentos e receios por ver, mais uma vez, o FCP a ser levado ao colo, penso algo mais profundo: que o futebol português é demasiado corrupto para merecer a minha atenção. Valham estes momentos para saborear a glória de ver um SLB de classe mundial conseguir, a custo, estar em igualdade pontual com um dos Portos mais mediocres dos últimos anos. Mas custa levar uma tabela tão desvirtuada a sério…

Comments

  1. anti plágio says:

    Olá:) Compreendo a tua indignação, mas o flagelo da corrupção atinge todos os dominios como uma tempestade… tal e qual é este caso:

    (http://www.youtube.com/watch?v=y4tKnbmm5TU) Abraços SLB


  2. Ora cá está alguém que vê o mundo como eu vejo. É isto mesmo! Mas, de  tanto falar até parece que não temos razão… mas temos 🙂


  3. Claro que temos razão. Simplesmente, no tipo de engrenagem em que estamos metidos, não basta ter razão – é preciso ter força e argumentos para a defender. E é preciso também que a equipa continue a jogar como até agora. Se assim for, vai haver uma altura em que até os amigos sportinguistas e portistas nos vão dar razão (pelo menos, os mais isentos). Abraço vermelho. 


  4. Por momentos pensei que estavas a falar do Leiria – Benfica, em que o teu clube ganhou à tangente com um «penalty» escandaloso. E esses 3 pontos ninguém vos tira. Quanto ao jogo de ontem, certamente que o teu olhar extremamente imparcial não conseguiu vislumbrar o golo da Académica com a ajuda da mão. Já aqui o disse ao João Paulo. Enquanto continuarem a achar que o Pinto da Costa é um mafioso e o Luis Filipe Vieira uma pessoa muito séria, o vosso discurso vai ser sempre o mesmo. Eu não tenho esse problema, sei ver as coisas. E tal como vi o Apito Dourado, também ouvi um Presidente do Benfica que negociava árbitros e que terminava a dizer «vou fazer as coisas de outra maneira». Para ti, os benfiquistas são todos sérios e os portistas todos ladrões. Para mim, são todos iguais. Paciência.


  5. Aquilo ontem foi muito à tangente…


  6. Eu só não concordo com o Ricardo numa coisa: há um benfiquista que não é honesto e tomou hoje posse eehehehe