De face às claras

 

O sr. Cavaco Silva anda aborrecido, com e sem razão. Com razão, porque os seus não o informam acerca do que se passa, negando-lhe assim, os essenciais elementos para o jogo político a que desde sempre se dedicou. Sem razão, porque neste jogo, tanto pode perder, como ganhar. Foi exactamente para isso mesmo que se fez eleger por um em cada três portugueses. São episódios que de longe vêm e a que sua excelência dá plena continuidade, como bem sabida lição da história.

 

 

"(…) O Partido Republicano não tem emenda. O Partido Republicano está cada vez peor. E, isso,  sendo um grande perigo, é, ao mesmo tempo, uma verdadeira afronta ao paiz, onde o Partido Republicano procede  como se fora um exercito invasor. Isto é d’elles. Mas é d’elles à má cara. Mas é d’elles a ferro e fogo."

 

H.C., Jornal Povo de Aveiro, 3 de Maio de 1908.

 

Comments


  1. Nuno, o partido republicado, não foi o “antecessor” do actual PS ? Ou pelos menos, não há heranças?


  2. Bem, o PS diz que sim, mas ao mesmo tempo também diz que é o “descendente directo” do PS trabalhista de Azedo Gneco. Pois não é, não senhor! O PS nem sequer era republicano e foi liquidado depois de 1910, por isso mesmo, às mãos dos “democráticos” do sr. Afonso Costa. Gente de cartola, abastada, do “mundo dos negócios”, das reuniões secretas, dos grupos de pressão. Isso diz qualquer coisa, não é? O sr. João Soares + Pai, afirma ser um grande admirador do sr. Afonso Costa. Tente-se compreender o porquê?!