Vaticano cúmplice do nazismo e do fascismo


Por mais desculpas que venham pedir…

Comments

  1. Talvez... says:

    Em relação à Igreja Católica, não vi nada que se lhe impute. Fotos com padres e ditadores lado a lado não quer dizer nada. Se um ditador fosse à missa, apareceria certamente o padre a dar-lhe a hóstia. O que é que isso nos diz? Que o ditador foi à missa. O que nos diz ver os padres a saudar Hitler e Mussolini? Diz-nos que faziam o que faziam os alemães civis igualmente, na altura.

    E pensei que João Paulo II também tinha pedido desculpa por ess silêncio no período Nazi.


  2. Meu caro Talvez, não acredito que queira passar por ingénuo, e muito menos que seja ingénuo. Isto é apenas um documento, que pretende, honestamente, ilustrar tudo aquilo que está por trás dele e que há muito se sabe: O apoio e a participação da igreja em todas as ditaduras, por mais sangrentas que fossem, a sua ligação ao nazismo, a despeito de todos os branqueamentos tentados, a sua íntima ligação à mafia e ao sub-mundo do crime político e financeiro em Itália e não só, a sua profunda responsabilidade nos tenebrosos massacres da Croácia e da Sérvia, a sua poderosa ajuda no encobrimento e na fuga dos maiores criminosos nazis. Tudo isso está profusamente descrito e documentado desde há muito, por tudo quanto é sítio. Se não leu, comece por ler, por exemplo, “Em nome de Deus” de David Yallop, que, apesar de tudo, ainda é dos mais macios.

  3. maria monteiro says:

    Claro pedem desculpa… até seria muito interessante fazerem pagelas dos novos Santos com essas fotografias …

  4. Talvez... says:

    Até poderiam ser, não digo que não, apenas digo que o vídeo não prova nada.
    E até posso procurar por esse livro que aconselha (não sei se o encontrarei, contudo), será, sem dúvida, didáctico.

  5. Talvez... says:

    maria monteiro :
    Claro pedem desculpa… até seria muito interessante fazerem pagelas dos novos Santos com essas fotografias …

    O que queria que fizessem?

  6. maria monteiro says:

    acha que tem lógica andar a dar Santidade a quem nunca a mereceu? … tanto Mártir, tanto Santo… tenho andado a acompanhar o absurdo que é quererem virar PioXII de Santo… toca-me um bocado à porta porque em Portugal fica aqui pelas minhas bandas…

  7. Talvez... says:

    maria monteiro :
    acha que tem lógica andar a dar Santidade a quem nunca a mereceu? … tanto Mártir, tanto Santo… tenho andado a acompanhar o absurdo que é quererem virar PioXII de Santo… toca-me um bocado à porta porque em Portugal fica aqui pelas minhas bandas…

    Acha que é por o nomearem Santo que ele passa a sê-lo? Não. Por isso, tanto faz que lhe chamem isto ou aquilo, não mudará quem foi. Por isso, devo confessar que essa questão não me preocupa.


  8. Caro amigo Talvez, se não encontrar, encomende que ainda deve haver. É da Dom Quixote. David Yallop é considerado um dos mais importantes e credíveis jornalistas de investigação vivos. Se lhe interessar vá ao google, digite david yallop, e logo na primeira linha, pode abrir que tem um bom prefácio.

  9. Manda Forte says:

    Caro Adão Cruz
    Antes de mais os meus parabens por ter conseguido inserir o video. De facto por mais visivel que seja a realidade, há sempre uns Talvez que por ignorância ou crença a pretendem negar.
    Para lá do conhecimento histórico e documentado, de algumas atrocidades cometidas no seio da ICAR, também nós por vezes tivemos as nossas experiências pessoais. Entre os meus familiares directos, contaram-se vários padres e freiras. Tirando partido dessa situação, o maior pulha da minha familia foi exactamente um padre que era meu tio de sangue. E conseguiu encobrir toda a vida as pulhices que tinha cometido, contando com o secretismo da irmã, minha mãe, a principal lesada, mas cuja dependência espiritual a impediu de contar a verdade em devido tempo.
    Isso porque a crença no “senhor” a levou a ir encobrindo as pulhices do irmão. Ainda hoje com 93 anos, continua a rezar o “terço”.
    É um facto que a crença sobreleva a razão e tolda o descernimento. É com isso que continuam a contar as diversas seitas que por todo o lado proliferam. Só que nenhuma detem o património histórico de atrocidades que mais envergonham a humanidade e que é detido pela Igreja católica.
    Talvez um dia tenhamos os olhos mais abertos, para aquilo que aos poucos se vai vendo.
    Faça-se um apelo a todos os abusados nos seminários e nas igrejas e se houver coragem por parte deles, teremos muitos milhares a descreverem a verdadeira face de uma organização que só subsiste no tempo porque é o principal suporte de muitos Regimes políticos.

  10. Talvez... says:

    Adão Cruz :
    Caro amigo Talvez, se não encontrar, encomende que ainda deve haver. É da Dom Quixote. David Yallop é considerado um dos mais importantes e credíveis jornalistas de investigação vivos. Se lhe interessar vá ao google, digite david yallop, e logo na primeira linha, pode abrir que tem um bom prefácio.

    O que vi não era um prefácio, mas uma apresentação muito promissora… Parece uma leitura interessante.

    Manda Forte :
    De facto por mais visivel que seja a realidade, há sempre uns Talvez que por ignorância ou crença a pretendem negar.

    Eu não neguei absolutamente nada (exclua-se esta última frase). Onde é que eu neguei fosse o que fosse?

  11. maria monteiro says:

    Caro Talvez, talvez seja pelo nome que se fica com a dúvida se nega ou não

    eu não me preocupa que as pessoas continuem a rezar o terço, que continuem a rezar, que continuem a ir à missa (eu vou à missa) de certa forma dá-lhes alento, aconchega-as …

    preocupa-me isso sim é o controlo, o apoderamento da mente, a culpabilização, o medo… a Igreja consegue colocar os crentes numa forma artificial de vida

  12. Luis Moreira says:

    Talvez, eu tambem tento seguir os ensinamentos de Jesus Cristo, mas não a hierarquia da Igreja…

  13. Talvez... says:

    maria monteiro :
    preocupa-me isso sim é o controlo, o apoderamento da mente, a culpabilização, o medo… a Igreja consegue colocar os crentes numa forma artificial de vida

    Este é o meu problema. Eu até agora não vi medo, nem apoderação de mente, nem culpa em nenhum crente. Não digo que não haja, mas eu vivo num meio tradicionalmente religioso, e as pessoas não têm aqui medo de contradizer os padres, não se sentem culpados por comer, inadvertidamente, carne às Sextas, aqui, pelo menos, a única coisa que os padres fazem é rezar a missa, e as vidas dos crentes continuam.
    O problema (e será um problema?) dos crentes não é a devoção à Igreja, mas a devoção à tradição. Aqui, as pessoas vão às procissões não porque o padre diz, mas porque é tradição. Vão à missa não para escutar o padre, mas porque foi o que sempre fizeram (e aproveitam para se inteirar das novidades). Dão esmola não porque a Igreja lhes exija, mas porque pareceria mal, aos olhos da comunidade.
    Já outros cultos (leia-se, seitas), fazem-no indiscutivelmente. Ainda hoje vi uma reportagem na SIC a respeito da IURD, onde isso era notório.

  14. Talvez... says:

    Luis Moreira :
    Talvez, eu tambem tento seguir os ensinamentos de Jesus Cristo, mas não a hierarquia da Igreja…

    Eu não a sigo, nem apelo a que os outros sigam, tal como nem a seguiam os nossos antepassados nos primórdios de Portugal.

  15. maria monteiro says:

    bem… uma devoção à tradição….

  16. francisco says:

    Acho piada a estes jacobinos dementes e frustrados. Os selvagens republicanos em Espanha enterraram vivos católicos, padres, bispos…e queriam que os bispos fossem contra o Franco???? AH! AH! Essa é boa. E o que significam fotos? MSoares, tido como democrata, não andou abraçado a Cunhal, defensor paranóico dos campos de concentração stalinistas??? E quanto ao Vaticano e o nazismo, é mais uma colecção de calúnias inventadas pela corja doentia da besta jacobina. Há muitas organizações judaicas que comprovam a ajuda católica e do Vaticano a milhares de judeus, que salvaram do nazismo. Mas as bestas ateístas vivem da calúnia e da infâmia…tal é o desespero das batalhas perdidas

  17. maria monteiro says:

    os desesperados do reino aflitos com a imagem… claro os argumentos são sempre os mesmos … calúnias inventadas …


  18. Já agora falta dizer que é uma cabala …. está na moda.
    Até onde vai o branqueamento de factos históricos que o vídeo revela e que foram verdadeiros …. quando se acompanha alguém, mesmo sendo presença governamental, seja qual for a ideologia, é-se conivente, se não o fosse não acompanhava …. porque em fascismo isso não aconteceu, se não era conivente com o regime não acompanhava, simplesmente sofre-se a marginalização, a tortura e o crime …..
    Parabéns pelo post e por não deixar branquear factos, que muitos desejavam que não se lembrasse para não voltarem a acontecer!
    Filho de um pai torturado no Chile.

  19. Monteiro says:

    Caro Adao Cruz podes colocar o link do video aqui. É que andei a procurar e nao encontro . Obrigado Abraço


  20. Caro Monteiro, nabo que sou, não sei fazer isso. O link estava no primeiro comentário do Manda Forte, mas não encontro. Pode ser que o Ricardo veja e faça isso


  21. Maria, estás uma comentadora de gema, adoro essa vivacidade e autenticidade.

  22. Monteiro says:

    Adao Cruz peço desculpa pensei que foste tu que colocaste o video alias julguei que eras o autor do blogg. Neste caso peço a quem tiver o link do video que me envie seja ricardo ou outra pessoa qualquer agradeço. Obrigado



  23. Mas basta carregar duas vezes no vídeo, e vai dar ao youtube

  24. maria monteiro says:

    tem dias, Adão tem dias … talvez seja porque me chamo Maria e… nestas coisas da religião também não gosto que sirvam gato por lebre … até porque gosto dos dois mas… não no prato

  25. Monteiro says:

    Consegui 1000 vezes obrigado Joao Jose Cardoso. Abraços

  26. stefano says:

    Obrigado por divulgar o video!!!!

Trackbacks

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.