Uma economia socialmente explosiva

Gente que há bem pouco tempo ganhava balurdios na Banca em Nova Yorque, dorme agora na rua para arranjar lugar nas enormes filas dos que procuram emprego. Até já se fazem “reality shows” nas televisões para que os ex-milionários contem as suas quedas profissionais. No sector privado, NY perdeu 70 000 empregos só no sector financeiro.

Em Detroit quem anda nas filas do desemprego são os milionários da indústria automóvel, tudo resultante de uma economia onde crescer e concorrer chegou a níveis absurdos.

Curiosamente, cá em Portugal, os níveis de vencimento de alguns passam a ideia de que a “festa” voltou, à ganância, esquecendo-se que há bem poucos meses foi o dinheiro dos contribuintes que salvou da falência as empresas que dão lições ao mundo sobre gestão.

A economia social de mercado está incompleta, falta o social, os mesmos que falam na “mão invisivel” dos mercados esquecem que o seu autor chamava a atenção para o “potencial explosivo” que uma economia tem se deixada entregue a si própria. Estas teorias liberais levaram a uma sociedade injusta e desequilibrada. Socialmente, a continuarmos neste caminho, poderá haver revoltas de multidões que já conheceram um bom nível de vida.

Estamos a voltar às “castas” sociais onde uma élite prospera e a grande maioria definha sem diálogo entre si, em “condomínios” estanques e potencialmente explosivos. A mesma situação de que nos quisemos livrar nos últimos 70 anos, na passagem da economia rural para a indústrial, todos os combates foram travados no sentido da aproximação social.

Nós por cá, tudo pela mão de quem se diz socialista…

Trackbacks


  1. […] This post was mentioned on Twitter by Blogue Aventar. Blogue Aventar said: Uma economia socialmente explosiva: Gente que há bem pouco tempo ganhava balurdios na Banca em Nova Yorque, dorme … http://bit.ly/bCIVjL […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.