Deputado ladrão, ministra desobediente

Portugal em todo o seu esplendor: depois de Ricardo Rodrigues, o deputado que gama gravadores, temos hoje a ministra que desobedece a ordens de tribunais e por tal é condenada, ainda por cima por causa de um concurso que nos termos em que decorre qualquer cábula do 1º ano de Direito (não sou, mas já fui) entendia à primeira que ia dar nisto.

Ao açoriano, que além de se ter demitido do governo regional no momento em que rebentou um escândalo de pedofilia na região, fora o envolvimento num gang internacional, chamei em Dezembro deputado banheiro “no sentido tradicional e veraneante do termo, aquele que nas praias arma barracas”. Enganei-me por pouco, homofonamente falando, afinal é o deputado que dá banhadas.

À senhora que faz de conta que é Ministra da Educação, pasta que Teixeira dos Santos e o Primeiro na prática detêm, desejo que se dedique à escrita de Uma Aventura nos Tribunais, de preferência com um consultor jurídico a sério. Parece que não, mas por vezes faz falta.

Comments

  1. Frederico Mendes Paula says:

    Cada dia que passa temos conhecimento de casos que mostram como os políticos governam para si próprios. Quanto mais sacrifícios pedem aos cidadãos, mais privilégios decretam para si. E é surpreendente a falta de vergonha e impunidade. Mas é assim. Estão legitimados por quem lhes dá os votos


  2. De facto o banheiro foi apanhado em flagrante por um comentador no blog do Dr. JMM, a dar banhadas num bacanal numa praia de S. Miguel, na qual o comentador se apropriou das suas roupas e chamou as autoridades, tendo os bacanos sido apanhados duplamente, tendo o caso sido abafado imediatamente devido à alta personalidade envolvida. Se a PJ quiser investigar, poderá começar pelos agentes de S. Miguel, já que o próprio já se mostrou bastante incomodado.
    Eles gostam de atacar a Igreja em geral pelo que alguns falsos “padres” fizeram, mas afinal não admitem que um dos seus seja apontado como pedófilo. Quem tem telhados de vidro não deve atirar pedras aos vizinhos. Mas todo o crime deve ser investigado, e o Ricardo não está acima da lei. Ou está?


  3. Ó Zorro, isto de caixas de comentários mais anonimos, enfim, eu sei que a democracia anda mal, mas se acreditar em tudo o que me contam acabo à espera do pai natal. E logo no blog desse doutor, fico mesmo de pé atrás.

  4. Pedro Rocha says:

    E que dizer da senhora que está à frente de uma tal câmara na província do Ribatejo.
    Aproveitando a corrente decorrente da visita papal: Que atirem a primeira pedra…

Trackbacks


  1. […] This post was mentioned on Twitter by Blogue Aventar. Blogue Aventar said: Deputado ladrão, ministra desobediente: Portugal em todo o seu esplendor: depois de Ricardo Rodrigues, o deputado … http://bit.ly/boDLR8 […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.