A hipocrisia em forma de pedido de desculpas

Pedro Passos Coelho quer lá saber da crise, do povo ou do que quer que seja. Se quisesse, não deixava passar um conjunto de medidas que vão afectar sobretudo os mais pobres.
Mas como o pobre vai sem esmola, mas não vai sem resposta, aqui está: não, não desculpo, sr. Coelho. E no momento do voto, cá estarei para recordá-lo do que fez hoje.
Aliás, se quer pedir desculpa, peça sobretudo aos que confiaram em si para liderar o PSD. O senhor deve ser caso único no mundo: consegue ser um líder da Oposição que ajuda a aumentar os impostos, ficando com o ónus dessa medida como se estivesse no Governo.
Nem Sócrates faria melhor.

Comments

  1. Carla Romualdo says:

    só vem provar o que já se sabia, que são farinha do mesmo saco, que entre PS e PSD não dá diferenças, e que isto não vai lá com esta alternância partidária em que os portugueses insistem

  2. Luis Moreira says:

    É a táctica da jibóia. E ,graças a Deus, estes políticos cada vez têm menos margem de poder. A crise mostrou muitas coisas, uma delas é que os países para estarem na UE não podem estar entregues a si próprios. Esta crise fez mais pela integração europeia, do que todos os tratados . Mostrou aos alemães e Franceses, que quando há um rombo no barco, é no barco onde estão todos.

  3. maria monteiro says:

    sobe, sobe, contestação sobe e … e sem pedido de desculpas

Trackbacks


  1. […] This post was mentioned on Twitter by Blogue Aventar. Blogue Aventar said: A hipocrisia em forma de pedido de desculpas: Pedro Passos Coelho quer lá saber da crise, do povo ou do que quer … http://bit.ly/atOHzf […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.