O Brasil não passa… 1×2 aqui no aventar!

https://i1.wp.com/mundial.4linhas.com/imagem/060701212655.jpg?resize=400%2C336Esta equipa não me entusiasmou nada! O Brasil não é, nem de perto nem de longe, o grande Brasil. Tem uma defesa onde  joga um grande jogador – Maicon – os outros são jogadores de craveira média, dois médios muito lentos e um ataque com Robinho e pouco mais!

O Káká está longe da forma não liga a equipa. Fica aqui a aposta para quem quiser, deixe o seu vatícinio. Para mim é: Portugal, Costa do Marfim, Brasil, Coreia!

E a sua?

Comments

  1. miguel dias says:

    Luís, pareces o falecido Zandinga.

  2. Luis Moreira says:

    E curo mau olhado,mal de amores,pau cabinda e bola na trave…

  3. maria monteiro says:

    hoje pela primeira vez vi um bocado do Grécia*Nigéria. Quando cheguei a Odivelas o café estava cheio porque havia futebol. O senhor simpático lá disse para desocuparem a “minha mesa” e trouxe-me o costume. Primeiro 0-1, depois1-1…. comecei a ouvir os desabafos futebolísticos daquela gente… Quanto a ganhar o mundial querem mesmo que seja um país africano (mas onde todos sejam negros) ou então a Grécia como prémio oferecido à luta dos trabalhadores gregos. Não fiquei até ao fim do jogo mas gostei dos meus parceiros de futebol

  4. miguel dias says:

    Maria, isso que dizes dos africanos é verdade. Eu por mim estou com a Argentina. Deixei-me de nacionalismos bacocos. O que eu quero mesmo é que o Maradona ganhe. Que diferença (e já não falo do jogo) a forma como ele abraça e beija os jogadores como se de filhos se tratassem, e o cara de pau do nosso professor. Até me mete asco. Com este gajo não quero ganhar nada (e julgo que os nossos rapazes pensam o mesmo portanto mais vale torcer por outro qualquer de quem gostamos).

    • Luís Moreira says:

      É, pá, eu não disse que Portugal ganha o trofeu…tambem tenho esse problema do Queiroz. Estou um bocado confuso no meio disto.

    • Ricardo Santos Pinto says:

      Eu por acaso torço pela Selecção ao fim de 6 anos em que me foi completamente indiferente.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.