Pornografia no Baixo Tâmega

A merda continua, há-de continuar porque o povo daqueles bandas é soberano, ainda que particularmente analfabruto. Estão perdoados.

Joaquim Monteiro da Mota e Silva, presidente da Câmara Municipal do Celorico de Basto, torna público, em cumprimento da deliberação desta Câmara, de 6 de Outubro de 2010, que no próximo dia 22 de Outubro de 2010 se vai proceder pelas 11 horas, no salão nobre do edifício dos Paços do Município, em Celorico de Basto, se procederá à alienação em hasta pública dos travessas, carris e restante material ferroso existente na extinta linha do Tâmega (entre o km 25,724 e o km 45,439)”

Quem tem razão é o Malmaior.

Comments

  1. Eduardo says:

    É o exemplo mais acabado: o pai ex-autarca ajudou a estrangular a linha, o filho faz as vezes de cangalheiro.
    Notável esta gente.

  2. júlia says:

    Quem não tem MEMÓRIA, não tem presente ,nem futuro.
    São seres vazios de sentimentos e, feitos para que a nossa MÁ MEMÓRIA, os retenha como “os menos” do nosso PaÍS.
    Estou destroçada, pela MORTE das linhas (veias), do TUA, SABOR e TÂMEGA que, nos ligavam às nossas terras, pela ALMA.Temos As e IPs para gente que só olha a ver se chove…
    Estou triste, pois quando os meus alunos confundem ovelhas com elefantes!Aconteceu num passeio a uma aldeia onde passou a linha do TUA.
    A ternura desses comboios, que nada tem a ver com “foguetes”…Mas podiam sobreviver juntos.
    Até amanhã! Até sempre!
    Júlia Príncipe

  3. José Cândido says:

    Aquilo da linha já chateava. Aquilo era coisa do século passado (até do anterior)! O que é preciso é alcatrão, mais alcatrão e mais alcatrão. Depois junta-se-lhe umas portagens com que ninguém contava, petróleo a 150 dólares o barril e…pede-se de novo um transporte eficaz, seguro, ecológico, barato e…PÚBLICO, que é o comboio!
    Pobres!

  4. Luis Goncalves says:

    e será que terá de ficar assim ? Só se o povo de Celorico e arredores o permitir. Em seculos anteriores por muito menos se atirava o alcaide pela janela abaixo e se necessario havia estadulhada peos lombos abaixo. Agora é o que se vê: gente permissiva, de aceno bovino perante as circunstancias ou quando mudos e quedos perante a manada que lhes passa pelas frentes. Quanto ao povão…estamos conversados, e já nem vale a pena adjectivar se são analfabrutos ou não. Acho que são um puco mais que isso. Pois pode-se ser analfabruto mas nao ser ingenuo….ou melhor estupido ! No que respeita ao alcaide dessa terra – melhor, o senhor autarca – acredito que tanto ele como a sua equipe e ainda todos os que o apoiam em actos de CRIME deveriam ser sumariamente tratados, na praça central. da melhor maneira. Mas lá chegará o dia, por este andar.


  5. O link não funciona…


  6. A visão tacanha destes autarcas é repugnante!Temo que o próximo troço ferroviário a fechar seja aquele que vai da Régua ao Pocinho…

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.