E as “Putarias” P.P.?

Alertado pelo berreiro da “sua blogosfera e imprensa”, o governo decidiu atacar os regabofes na casta dominante. Fez bem, mas ainda muito fica para esmiuçar. Além das mordomias e dos gabinetezinhos a que se dá o nome de institutos e fundações & etc, fica por encetar o bolo grande, mais conhecido por “Putarias” Públicas Privadas, essas mesmo que o ainda mandatado “cooperador estratégico”  de serviço avalizou com o seu silêncio de cátedra.

Comments


  1. Parece que o governo vai efectuar cortes nas acumulações das subvenções vitalícias com outras formas de rendimento do sector público.

    Tudo o que vem à rede é peixe e depois de o governo ficar mal visto no caso dos subsídios de alojamento tudo está a fazer para mostrar que é muito sério e preocupado com os sacrifícios que nos pede.

    Só que, lamento imenso, o caminho não era este. Não chega.
    A solução, para acabar com muitos dos assaltos legais que fazem ao bolso do contribuinte era extremamente simples, barata, e pouparia muuuitos milhões:

    Toda e qualquer compensação de cargo público a receber fora do exercício das funções só deveria ser paga APÓS A IDADE DA REFORMA!

    Isso é que era vê-los trabalhar…