Tem contrato bi-horário com a EDP? sorria, pode estar a ser roubado


Alertados por esta carta publicada pelo Paulo Guinote, e sendo a EDP uma empresa muito respeitada nesta casa, convidamos o caro leitor a verificar que horas são no seu contador:

Imaginem o nosso espanto quando verificamos que a hora que marcava o contador era de menos uma hora. (…)  Não sei se esta situação será mesmo um erro dos contadores ou se é uma forma de a EDP cobrar encapotadamente uma hora de “cheia” a mais, uma vez que no meu caso, coloco as máquinas a lavar por volta das 22.02 horas para poder estender a roupa e guardar a louça antes de ir dormir. (…)

Leia a carta completa enviada ao Paulo Guinote.

Sobre João José Cardoso

Comments

  1. Isso tem a ver com a atualização dos contadores para a hora de Verão / hora de Inverno e todos os clientes (***todos***) são informados desse facto.

    Mais uma “não-notícia” a que se tenta dar contornos de escândalo. Qualquer dia é a sério e ninguém liga…

    • Se todos são informados porque não o foram estes? Porque responde a EDP que se trata de uma avaria no contador?

      Alertar os consumidores para vigiarem uma empresa que aumenta os seus lucros de uma forma alucinante não é uma “não-notícia”, é uma obrigação solidária dos consumidores. Se você foi informado, pode explicar em de que forma tal aconteceu?

      • Inteiramente de acordo!

      • Porque, de facto, é uma avaria ou, vá lá, lacuna técnica, no contador que o impede de actualizar devidamente.

        Eu não sei se estas pessoas foram ou não informadas. Sei de quem tem a tarifa, que foi informado desta situação, tendo sido até perguntado, por iniciativa da EDP, se queriam que fosse feita a actualização manualmente (por deslocação de técnico ao local).

        E sei que este é o procedimento normal.

        Sei também que a situação está a ser resolvida pela EDP e que o objetivo é que os novos contadores façam a alteração de forma totalmente automática.

        Reitero: uma não-notícia, a que se tenta dar contornos de escândalo.

        • Pelos vistos já apareceu aqui mais gente que não foi informada…E se isso não é um escândalo, o que é um escândalo? o ordenado do Mexia, eu sei, mas esse já é conhecido.

          • Eu tentei informar-me rapidamente e até acho que já estão a começar a ser colocados contadores que fazem essa actualização de forma automática ou que permitem que esta seja feita sem deslocação de técnico.

            Mais uma vez: procedimento normal, a EDP tem conhecimento, disponibiliza-se sempre para resolver o problema sem qualquer custo e já está a implementar novos contadores (esta última carece de confirmação).

            Se isto é um escândalo, acho que vou começar a escandalizar-me muito mais vezes.

        • Pois, pois, que “avaria” tão conveniente quando dela resulta lucro! E claro que está a ser resolvida: tão morosamente quando puderem!

          • Correcção: … tão morosamente quanto puderem!
            Desculpem o erro.

          • Não querendo parecer indelicado, basta fazer um telefonema. E fazer um telefonema não é algo assim tão “desafiante” para a generalidade da população.

        • ritavma.desousa@gmail.com says:

          ISSO É MENTIRA. A MIM NUNCA NINGUEM ME FALOU DO ASSUNTO!!! ERA O Q FALTAVA!!

        • luis nunes says:

          Este Zé é mentiroso, tenho tarifa bi horária há anos e a EDP nunca me falou de nada

    • Não percebi bem. Importa-se de me explicar melhor? É que se tem a ver com a actualização da hora de Verão e da hora de Inverno supostamente o relógio teria que sofrer as mesmas alterações bianuais que todos os outros relógiso sofrem e não haveria portanto qualquer diferença!

    • Paula B. says:

      É falso. O meu contador tem a hora certa. Será que se esqueceram de o actualizar? De qualquer modo, NUNCA recebi nenhum aviso da EDP a não ser do aumento das tarifas, e não é sempre.

      • Paula B. says:

        O meu comentário anterior era para o zé dos contadores-actualizados-à-hora-de-inverno antecipadamente…

        Se o mundo sempre acabar em 12-12-2012, com estes dias de diferença o prémio anual do mexia sempre fica mais gordinho.

      • Provavelmente a Paula já tem um dos contadores que actualiza de forma automática. Faria algum sentido a EDP avisá-la antecipadamente de que a hora iria mudar? Não me parece, mas isso pode ser um problema meu.

    • Hangas says:

      Se fosse só uma questão de 1hora… No meu caso o contador está atrasado 24:05! Sim 24 hora e 5 minutos. Ainda por cima tenho TriHorario com ciclo semanal. Ou seja o meus “Domingos” de vazio, calham à Segunda-feira.. E os Sabados, à Sexta! Maravilha! Queria mesmo era saber como é que eles vão calcular a diferença. Andei a ligar o forno só nos fim-de-semana, não sei para que..

  2. A pergunta que se impõe: e então o valor correspondente às horitas de vazio que entretanto foram debitadas como horitas de cheia vai ser-nos devolvido, certo?

  3. Tiro ao Alvo says:

    Há sempre um Zé para tudo. Até para defender a EDP.
    Nesta questão dos contadores, não sei quem na EDP é incompetente, mas sei é que se passou comigo e que denuncia que qualquer coisa vai mal, por aquele reino. Eu explico.
    Aqui há anos, 4 ou 5, reparei que o meu contador, que era “bi-horário”, registava todos os consumos nas horas “cheias”. Feita a reclamação, foi-me dito que já sabiam, mas que não haveria problema e que iriam mandar substitui-lo. Não tardou a chegar-me a factura, dividindo os consumos 50% em horas “cheias” e 50% em horas “vazias” (que raio de designação!). Voltei a reclamar pedindo para me facturarem de acordo com a minha distribuição histórica (40% – 50%), tal como se podia ver nas facturas da EDP anteriores. Atenderam a minha reclamação, mas com relutância, uma vez que, disseram, contrariaria instruções internas que aponta, na falta de elementos,para os valores que deliberaram facturar.
    Quando vieram substituir o contador, perguntei ao técnico a origem do problema, e ele disse que a pilha se tinha estragado. Fiquei perplexo: um aparelho para contar consumos de energia eléctrica precisava de pilhas!
    Mas a coisa não ficou por aqui: passados uns tempos, como estava escaldado, verifiquei que o calendário do contador andava um dia atrasado. Feita nova reclamação, apareceu-me novo técnico, que, antes de ver o contador, disse-me logo qual era o problema: o “sistema” desconhecia os anos bissextos.
    Repare-se bem: há mais de 30 anos que estão à venda no mercado relógios baratuchos que não têm aquela limitação e a EDP comprou, em 2007/2008, contadores que não conheciam os anos bissextos! Isto numa altura em que já estavam a ser instalados contadores, para gás e para electricidade, que permitem a tele-contagem.
    Tudo isto denota, do meu ponto de vista, muita incompetência. Se isto se passasse numa “empresa” minha, eu sabia muito bem o que havia de fazer!

    • Tiro ao Alvo says:

      Esqueci-me de dizer que o relógio do meu contador, hoje, está adiantado uma hora. Para a semana voltarei a controlar, mas julgo que “ele” não sabe o que é a “hora de inverno”…
      E ainda outra coisa: espero que ninguém roube o “meu” contador, que está numa caixa voltada para a rua, uma vez que a EDP me considera “fiel depositário” daquele aparelho, isto de de acordo com uma nota de serviço que assinei, a pedido do técnico que o instalou.
      Concluindo: ora digam lá se esta malta da EDP não são uns “reizinhos”?

      • Tiro ao Alvo says:

        Voltei a controlar hoje, domingo 30-10, a hora do meu contador. Afinal “ele” reconhece a chamada “hora de inverno” e, por isso, alterou a hora, mantendo-se adiantado uma hora.
        Que confusão a EDP arranjou com esta sua política de comprar contadores que funcionam cada um de sua maneira. Isto é mesmo à portuguesa e próprio de quem “quero, posso e mando”.

    • É verdade: há sempre um Zé para tudo. Que mania tem esta gente, estes Zés, de ter uma opinião que não alinha com o tão popular e cativante “gatunos! malandros!” sempre que algo não corre bem, seja com a EDP seja com outra empresa qualquer.

      É a minha opinião, que agradeço que respeite, da mesma forma que eu respeito aquilo que aqui diz, apesar de se “esquecer” de coisas tão básicas como, por exemplo, a necessidade de investimento na infra-estrutura para implementar a tele-contagem. Seria como comprar um comboio sem ter a linha férrea, mas isso devem ser apenas pormenores…

      Não me vou alongar muito mais, julgo que já fui bastante claro na minha perspetiva sobre o “escândalo” que, escandalosamente, a empresa reconhece e está a resolver. Escandaloso.

      Já agora, para os mais escandalizados com os “malandros” da EDP, há sempre uma alternativa: a Endesa já comercializa a clientes particulares e até faz 5% de desconto sobre a tarifa. Força.

      • Tiro ao Alvo says:

        Não se zangue, homem!
        Quanto à infra-estrutura para fazer a tele-contagem, para que é que a EDP precisa de outra rede? A rede de distribuição eléctrica também serve para a transmissão de dados. E deve ser a mais fiel do País. E não estou a brincar.
        Agora, há uma coisa que custa a entender: por que é que o amigo defende tão acaloradamente a EDP? Será porque trabalha lá? Mas, se trabalha, olhe que não é essa a melhor forma de defender a empresa. Sobretudo quando alumia às pessoas a hipótese, que têm, de mudar para a Endesa. Seja patriota!

        • Sim, seja patriota, nem que isso lhe custe mais 5% no iva, na electricidades, mais 10% nos combustíveis e na mercearia.
          Seja patriota: pense no conforto do Estado, que o Estado também se preocupa com o seu conforto, oh pois claro.

          • Tiro ao Alvo says:

            Ó Dario Silva: Que é que eu, então, deveria dizer ao Zé?

      • Só para que conste, verifiquei a hora do meu contador e está correcta! Assim sendo, reconheço que fiz o que não deveria fazer: falar sem conhecimento de causa e criticar o que se desconhece. Pelo facto peço a todos as minhas desculpas!

      • Nando says:

        Oh Zé vai mas é trabalhar … Há pois já me esquecia que tu trabalhas na EDP… Malandro. Se te sair o Euromilhos ja sabemos que vais investir numa grande empresa..

      • Nando says:

        “a necessidade de investimento na infra-estrutura para implementar a tele-contagem.”

        Os maçons ainda nao sabem como o povo há de pagar este investimento.. Mas com uma ajudazita do governo, estará tudo alinhavado..

        Tal como acontece com os investimentos nas energias eólicas que é o Zé Povinho que suporta estes investimentos

        • António Ferreira says:

          Consta-se que os contadores inteligentes que a EDP instalou em Évora e que se prepara para instalar em Lamego,são altamente prejudiciais á saúde,devido ás irradiações de R.F. Pergunto se somos obrigados a aceitar esse lixo em casa?

      • Nando says:

        “há sempre uma alternativa: a Endesa”

        São tantos clientes residenciais , e são tão chatos e tão sempre a reivindicar tudo e mais alguma coisa que já nem interessa que esses clientes migrem para outra operadora ( concorrência ???) Menos trabalho para os malandros..

        Mas o sector industrial já abriu os olhos há mais tempo onde a EDP tem perdido uma quota parte importante de mercado..

        Graças a Deus
        Ouvimos senhor

  4. Deixando de lado processos de intenção, ninguém se vai lembrar de ir ver se o seu contador tem o relógio certo, e muito menos imagina que ele não reconhece anos bissextos. Donde, e porque se uma anomalia a prejudicar a EDP dá logo por ela, acho que fiz muito bem em alertar os nossos leitores. Um dos grandes problemas dos consumidores é a distracção, coisa que dá muito jeito aos mexias deste mundo. E também aos Bavas, mas essa fica para outro dia.

  5. Gisela says:

    João José, faço parte dos distraídos da pátria. Claro que fui a correr ver o contador e, palavra de honra,corro de novo no próximo domingo para me certificar se não terei a haver uns dinheiritos da EDP.
    Vê lá se o dia do Bava chega breve, provavelmente também deverei precisar…

  6. António says:

    Eu nem vou ler todos os comentários, mas:
    Tenho bi-horário há bastante tempo, uns 5 a 10 anos (nem sei bem, o tempo passa depressa);
    Atenção que no tempo em que aderi, havia 2 tipos, e aquele que tenho é o que tem o mesmo horário de horas de vazio nos 7 dias de semana – é sobre esse que me posso pronunciar.

    Sim, o contador tem 1h de diferença durante uns meses do ano… mas isso tem obviamente a ver com a mudança da hora!
    Será que os senhores não sabem que os horários de vazio também mudam com a mudança da hora?!
    O contador fica com 1h de atraso, mas o horário de vazio também passa a ser 1h mais tarde – assim não se tem de acertar nada, nunca!

    Por exemplo:
    – Agora são 23h reais – no contador são 22h – começou agora o meu período de vazio;
    A partir de Domingo próximo, a hora atrasa 1h, e por esta hora, será assim:
    – Serão agora 22h reais – no contador estarão as mesmas 22h – começará agora o período de vazio!

    Ou seja, o contador não tem de alterar a hora, já que o horário de vazio do contrato já é diferente no horário verão/inverno por isso mesmo.

    Para mim, o que pode ter alguma gravidade é não acertarem a precisão do relógio do contador, e por isso o mesmo vai adiantando ou atrasando uns minutos, estragando a planificação a quem usa programadores para certos equipamentos.

    • Então leia o texto, ou seja a reclamação que me limitei a citar, os comentários e a resposta de quem recebeu da EDP informações que não batem nada certo com a sua.
      Não acha estranho que clientes com um contador igual recebam explicações muito distintas?

      • António says:

        Tudo tem uma explicação, e penso ter encontrado a adequada:

        As pessoas que neste momento têm 1h a menos no contador (eu incluído), tudo aponta para serem as que têm o contrato bi-horário antigo, que contrataram o bi-horário diário há alguns anos atrás, antes de 2010 (no meu caso foi 2005, no caso da Sra da carta, foi 2004);

        Nessa altura o horário vazio era 23h/9h no verão, e 22h/8h no inverno, e o contador não mudava a hora no verão, porque deste modo o ajuste era automático;

        No entanto, em 2010 parecem ter acabado com esse tarifário, passando a ser sempre 22h/8h todo o ano para os novos clientes;

        Para o efeito, também começaram a avisar os clientes pré-existentes e a proceder à alteração (não sei se por meio de programação ou troca de contador) – existem por isso muitos a quem ainda não foi feita a alteração, continuando por isso a serem taxados segundo o tarifário que contrataram inicialmente (o problema é que, aparentemente, as pessoas nem sabem o tarifário que contrataram, ou não associam matematicamente que essa é a razão para o contador deles ter 1h a menos no horário de verão).

        Ver os comentários 16 e 17 (não é documentação oficial, mas é um relato da época):
        http://www.poupaeganha.com/aderir-a-tarifa-bi-horaria-da-edp/#comment-6399

        sesempre

    • Está completamente errado. A hora no contador muda na altura em que muda a hora. No meu sempre mudou, porque sempre verifiquei isso. Hoje por exemplo, quando eram 2 da manhã, passou automaticamente para a 1 da manhã. Simultaneamente muda também o intervalo de horas dentro de cada tarifário. Por exemplo: ontem o ciclo de vazio ia das 23 às 9 horas (hora de Verão), hoje vai das 22 horas às 8 horas (hora de Inverno). Mas a hora do contador está sempre alinhada com a hora correcta. No meu caso está apenas desfasada 2 minutos, porque tal como os relógios de pulso, também o do contador sofre desacertos.

    • Tiro ao Alvo says:

      Se não leu, devia ler, para então falar.
      E já agora, fique a saber que o meu contador reconhece a chamada “hora de inverno” e, por isso, alterou a hora, mantendo-se adiantado uma hora.
      Com escrevi antes, a EDP arranjou uma grande confusão com esta sua política, errática, de comprar contadores que funcionam cada um de sua maneira. Isto é mesmo à portuguesa e próprio de quem “quero, posso e mando”.

  7. Já conhecem a tarifa tri-horária? LOL, sim, o consumidor quer-se esquizofrénico e insatisfeito. Não tenho nada contra a EDP mas certamente ela não me vem dar nada a casa, só incomodar. Este artigo é mais uma prova do preço que sempre acabamos por pagar pela distracção.

    Por favor tomem conhecimento do conteúdo deste blogue e defendam-se:
    http://recusecontadoresinteligentes.blogspot.com/

    ATENÇÃO: A tarifa bi-horária é uma manobra para aliciar as pessoas a mudar, de modo a instalarem os contadores inteligentes. A alteração, tudo indica, levará você a receber um contador inteligente enquanto está distraído com a ideia de poupança. Este aliciar materializa uma das maiores premissas da sua introdução, a modificação e o controlo sobre o comportamento das pessoas. O seu benefício é mera propaganda, você não existe na equação (faça o favor de não se sentir culpado), contudo, a Agenda 21 e toda a sua malícia dá mais um passo na sua implementação.

    Passem e repassem a informação junto dos vossos amigos e colaboradores, é preciso que a verdade se saiba. É preciso estar informado sobre o futuro que pensaram para nós. É que povo desinformado é povo enganado.
    Obrigado

  8. PREÇO DA ENERGIA ELÉCTRICA AO PREÇO DE MERCADO A DIFERENTES HORAS DO DIA

    Os 750 milhões de euros que pagamos, por ano, para as Eólicas de subsídios é a diferença de preço do mercado e o preço de 93,7 euros por MW/h das Eólicas que se pode ver a cada hora do dia

    750 milhões fazem parte da verba total dos 2500 milhões do CIEG

    O Valor exacto das Eólicas do custo por MW/h vem no documento da ERSE

    No canto superior direito podemos escolher as datas dos dias

    As Eólicas têm prioridade nas vendas de energia à Rede relativamente ás outras centrais de energia

    (Ver gráfico. Colocar seta do rato nas barras para ver o preço)

    http://www.omel.es/files/flash/ResultadosMercado.swf

    Cumprimentos
    Rui Rodrigues

  9. jose rodrigues says:

    Reclama-se por escrito e respondem por telefone. Nada de ficar provas escritas. Este é o lema da EDP.
    Na loja do Cidadão têm lá uma equipa para atender os clientes. Todavia criaram uma triagem para dificultar o acesso e mandam-nos para o telefone.
    Tenho um filho que era cliente EDP (todos somos à força), foi residir para a Finlândia, antes porém foi fazer contas com a EDP, pagando todas as contas e recebendo mesmo um crédito.
    Um mês depois, aparece um recibo para pagar. Fui à loja do Cidadão a Setúbal para perceber o seu porquê e na triagem expliquei que era o pai, mostrei BI, fotocopia do BI do moço e informaram-me que tinha de ser ele a resolver o problema.
    Disse-lhes que talvez fosse mais oportuno irem eles a Oulu na Finlândia irem eles lá receberem.
    II
    estive por motivos que desconheço 4 meses sem receber factura da EDP. Telefonei-lhes, escrevi-lhes e o conhecimento que tinha era que havia algo que não estava bem, mas que no próximo mês receberia factura. Expliquei-lhes que era reformado e que presumivelmente quando viesse a factura de tanto tempo de consumo, não ia ter verba para o seu pagamento. (isso que interessa à EDP?). Até que finalmente apareceu e aproximava-se da casa dos 800 € . Desloquei-me à sede em Lisboa, e propus o pagamento faseado, salvo erro em 4 prestações. Não queriam, mas lá concordaram. Então é feito um contrato, cuja assinatura do cliente tem de ser rigorosamente igual à do B.I. e tem o cliente de ir obrigatoriamente liquidar ás instalações da EDP até ao dia tal de cada mês, sob pena de lhe cortarem o fornecimento se faltar a alguma prestação, nem que seja diferença de um dia, com a anulação daquele contrato e terá de pagar tudo imediatamente. Enquanto a empregada da EDP fazia este contrato, constato que o nome na factura não era o meu, mas a morada estava correcta e o consumo também. Reclamei, deram-me meia duzia de explicações esfarrapadas e…
    Quando cheguei a casa verifico que os consumos ou valores deste contrato, estavam alcavalados com juros. Por escrito reclamei e afirmei que não pagava quaisquer juros, dado todo aquela “embrulhada” ser da responsabilidade da EDP e não minha. Resposta não me deram, escrevi todos os meses a dizer-lhes que não pagava os juros, nunca me responderam.
    Até que finalmente a conta ficou totalmente liquidado, sem pagamento de juros. Aí, dois dias depois recebo uma carta da EDP a informar-me de que não tinha cumprido o contrato,
    não tinha pago a última prestação e consequentemente iam cortar-me a luz. Por carta, renovo a minha reclamação e disse-lhe que tinha paga todas as prestações a tempo e horas e que os juros não pagava. Mandam-me carta, indicando o numero do Diário da Republica, onde a entidade Reguladora dos Serviços Energéticos, tinha autorizado a inclusão de juros aos clientes EDP e que portanto tinha que liquidar.
    Vou a Lisboa à Casa da Moeda, compro o Diário da Republica, e efectivamente na página tal, artigo x alines Y lá diz. OS JUROS SÃO DEVIDOS A SEREM LIQUIDADOS PELO CAUSADOR DO ACTO.
    Chamei-lhes por escrito, Desonestos, ladrões, piratas e não sei que mais uma data de impropérios, enviando-lhes a fotocopia do Diario da Republica.
    Vinte dias depois, escrevem-me que “atendendo a que a EDP era uma empresa honesta, perdoavam-me os juros” . Novamente reclamação, que não se tratava de nenhum perdão, mas sim o cumprimento da lei, tal e tal.
    É isto, o que temos… O principal administrador da EDP recebe prémio igual à taluda do Natal pelo bom trabalho que faz. Pudera… a roubarem-nos assim

  10. Nando says:

    Relativamente ás diferenças horárias :

    Os leitores de energia eléctrica tem como regra verificar e dar instrução sempre que um contador se encontra com a data/hora errada . Supostamente recebem um prémio por essa informação confirmada. Supostamente … Porque o realmente se passa é o seguinte:

    Leitor dá nota, passados 3 meses leitor torna a dar a nota.. e assim passa mais de ano com o leitor a repetir notas para o tecto dos malandros
    Prémio da EDP = 0

    è bastante aceitável que muitos milhares de contadores se encontrem descalibrados em relação à hora..

  11. pedrop says:

    Por motivo de um email que recebi com o tema e que me trouxe até este forum, fui verificar o meu contador. Ficou explicado porque pago mais do que a maior parte das pessoas com estrutura familiar idêntica à minha: o contador está atrasado 2h30 (duas horas e meia, sim, não é engano). Dado que ligamos aquecimento e máquinas de lavar à meia-noite, os maiores consumos dão-se neste período. Portanto, o contador chega à meia-noite e ao tarifário “vazio” quando, de facto já são duas e meia da manhã e as lavagens já se concluíram, pagas integralmente a tarifário mais caro.
    Não sei se é, ou não, intencional. A ser, será uma monumental vigarice. De todo o modo, a empresa faz leituras de tempos a tempos e, nesses momentos, a hora do contador poderia ser verificada.
    Até pode não ser uma vigarice, mas que não é bonito, lá isso não.

    • Por alguma razão tanta gente e no estrangeiro se queixa da mesma coisa, subidas significativas na factura, seja lá porque o relógio isto ou aquilo, o facto é que sobem. Se isso no entanto fosse a única face do problema, certamente teria reparação fácil. Infelizmente, o problema descrito é a porta de entrada para um inferno de controlo sobre o cidadão que existe hoje. Questione-se porquê. Para quem se recusa a entrar nesse jogo, as cosias são muito claras.
      DIGA NÃO ao “ACTA”
      MOVIMENTO – DIGA NÃO AO “ACTA”
      RECUSE CONTADORES INTELIGENTES

    • monica gomes says:

      Apos ter sido alertada atraves de um mail ,de seguida fui ver o meu contador ,que é bi-horario desde 2009 ,fiquei revoltadissima,pois esta 25 minutos atrasado.Bela maneira de nos roubarem.Pois se estou a colocar as maquinas a funcionar á 24h,num ciclo de 30/45m,na verdade estou a pagar 25m na hora de ponta ,em que o preço é mais elevado -0,1448 €,os restantes 5m são considerados na hora mais barata-0,0778…depois de ter ligado com a EDP ,foi me dito que iriam proceder á correcçao da hora.Agora pergunto eu e o dinheiro que eu já paguei a mais??? Acha alguem para processar estes gatunos,que devido á justiça pessima que Portugal tem,ninguem move um processo crime contra a EDP…

  12. Ricardo says:

    Muito boas noites, por acaso verifiquei o meu, e no meu caso a para lixar a EDP, pois o meu quando eram 20:00h, no contador eram 22:00. Excelente pode-se ligar as coisas de maior consumo logo as 20:00.

  13. CRISTINA says:

    No meu caso, fui alertada para o facto por um e-mail, eu nem me tinha apercebido que o contador tinha relógio próprio.Fui verificar ontem, porque tenho bihorário, e qual o meu espanto, o relógio marca mais 20 minutos que a hora oficial.Isto significa que há muito tempo dou mais dinheiro a ganhar à EDP, sempre que programo a minha máquina da roupa para lavar até às 8h da manhã, pelo menos fui enganada em 20 minutos de horas fora de vazio, quando pensava que estava a economizar em «vazio».É isso, economia vazia!!Já contactei a EDP no sentido de regularizarem a situação irregular.
    Cristina

  14. jorge costa says:

    FUI MESMO AGORA VERIFICAR E A HORA ESTÁ MESMO CERTA A NAO SER OS SEGUNDOS É CLARO

  15. Pedro Manuel Freitas says:

    Entre Junho e Outubro de 2010, a EDP não cumpriu os horários do Bi-Horário, ciclo diário. O contador só entrava no período de VAZIO às 00h00 quando deveria ser às 22h00.
    Comuniquei o facto várias vezes à EDP, que começou por ignorar a questão, passando depois a tentar baralhar as coisas dizendo que o problema estaria no meu contador. Rebati dizendo que o problema estava na EDP e não no meu contador. A EDP nada fez. Comuniquei o problema à ERSE e a ERSE nada fez, eu insisti e ERSE acabou por tentar escudar a EDP em vez de tentar resolver o problema concreto do cliente. A ERSE é a EDP e a EDP é a ERSE. Assim vai o país.
    Acabei por relatar o problema ao Exmo. Sr. Presidente da República, e o que é facto que é o problema ficou resolvido dois dias depois. Mais, a EDP acabou por me enviar uma carta a relatar o contacto do Presidente da República, e nessa carta a EDP acabou por reconhecer, pela primeira vez, que o problema não estava no meu contador mas no serviço prestado pela empresa, passo a citar: “as falhas que nos foram reportadas…poderão ter sido originadas por perturbações pontuais de rede”. Continuava a ser uma mentira, porque essas “perturbações pontuais de rede” não eram aleatórias e prejudicavam sempre o cliente, mas pelo menos reconheciam que o problema estava do lado da EDP, cabendo à empresa resolvê-lo.
    Não tive mais problemas até ao dia 19 de Janeiro de 2012, quando verifiquei que o contador só passou para o período de VAZIO às 00h00 quando deveria ser às 22h00. O problema repete-se.
    O BI-horário ainda não acabou, mas a EDP sente que pode dispor de tudo e de todos a seu bel-prazer; os responsáveis pela empresa sentem-se acima da lei, da justiça, da verdade, da ética, da moral, de Portugal, usam e abusam do cidadão comum, são arrogantes, prepotentes e mentirosos.
    Depois de ter sido aconselhado pela própria EDP a comprar acumuladores de calor para aquecimento doméstico, ainda me roubam no tarifário, já para não falar no fim anunciado do Bi-horário, uma das bandeiras da EDP que levou muitas pessoas a apostar nos acumuladores de calor.

  16. Pedro Manuel Freitas says:

    Tenho um contador dos antigos, onde posso ver de imediato se estou no período de VAZIO ou no período Não VAZIO. A mudança nos mostradores é feita através de um relé, activado por sinal emanado de uma subestação da rede. Acontece que a EDP tem forma de controlar em absoluto esse sinal, pelo que a roubalheira está mais do que estudada. A EDP é uma empresa obscura.

  17. chatice_tuga says:

    Não quero ser chato mas Recuse Contadores Inteligentes

    É preciso que a verdade se saiba, povo desinformado é povo enganado.
    Ser trouxa sai muito caro.

  18. nelya says:

    È por isso que ainda não aderi ao Bi-horário. Não tenho certeza da poupança.

  19. Carlos says:

    Viva!
    Instalei hoje um novo contador EDP. No 1º dia verifico que:

    1. O relógio está certo
    2. Estão a contar o tarifário semanal (após 00h) quando solicitei o bi-diário (após 22h)

    amanhã vou telefonar para saber porque não estão a cumprir o contratado

  20. Quando é que vocês vão abrir os olhos?

  21. monica says:

    como sempre somos um povo de brandos costumes,ou melhor uns parvos…porque apesar de sabermos que estamos a ser lesados,encolhemos os ombros…os ditos “grandes” ficam sempre a ganhar…Lanço um desafio a todos,que como eu estão a ser enganados,vamos fazer uma queixa comum contra a EDP.Chega !!!

  22. Pedro Manuel Freitas says:

    uma queixa comum é boa ideia.

  23. Humberto Correia says:

    O site da EDP é a coisa mais diabolica para se encontrar informação util.
    Neste site, o que seria mais util era mostrar os horarios ‘de vazio’ de um forma simples e objetiva. Mas isso é claramente o que a EDP não quer nem esta interssada.

  24. Pedro Manuel Freitas says:

    E sempre que telefonamos para um número EDP aparece uma mensagem a informar que a chamada pode ser aleatoriamente gravada, ou seja, não sabemos se a chamada está ou não a ser gravada. Com a EDP eu quero que TODAS as chamadas sejam gravadas, é mais seguro. Mas claro, a EDP arranjou maneira de salvaguardar a sua posição dando a entender que está a proteger a privacidade do cliente.

  25. chatice_tuga says:

    Antes de usar uma acção inteligente focada no estado imediato do bolso, experimentem usar uma visão sobre o horizonte, verão que tanta ênfase em contadores e modelos de tarifas só permite à EDP ter mais meios de disfarçar o aumento das cobranças necessário para pagar as dívidas que os “investimentos” obrigam. É público que já não temos a eletricidade mais barata da Europa!!! Desculpem lá, não creio que embelezar a conta com estes artifícios vá realmente fazer alguma diferença. A eletricidade irá continua aumentar. Vejam lá se eles seguiram o exemplo espanhol que realizou um contracto com um fornecedor de petróleo, de modo a durante os próximos 20 anos não haver alterações nos preços. Ora todos sabemos que a diferença de preços no combustível é já bastante significativa (ouvi um camionista falar em 40 cêntimos por litro!!!).

  26. Antes de comemtar, ainda que já desconfiado da coisa, pergunto? Como é que vejo se o relógio do contador está certo. É que, ou eu sou ignorante e não sei ver, ou o meu contador não mostra o relógio. Se alguém me ensinar a ver a coisa, fico agradecido e garanto que volto aqui para dizer qualquer coisa. Os meus agradecimentos.

  27. Mais uma vez as entidades reguladoras vão assobiar para o lado os tribunais não acham crime o procurador acha que é normal os políticos enchem os bolsos, e o povo paga e não bufa, Portugal no seu melhor.

  28. chatice says:

    Quero ver se alguém chega a ver a cor do dinheiro!!!

    • chatice says:

      Eu pergunto porque temos tantos burros atrás da cenoura? Ainda há pessoas que acreditam que o conto do vigário é aquele que fará poupar. Já estou a ver, a seguir virão novas tangas, novos contadores, agora novamente “inteligentes”, e a conta para pagar, essa continua a subir. Os esforçados continuarão a levantar-se a meio da noite para passar a roupa a ferro e tal… Quando é que a idiotice vai parar? Quando é que se fazem respeitar como cidadãos? Se aceitam ser cães de Pavlov, não se queixem do “preço” que isso terá nas vossas vidas. Se o consumidor já não escolhe (na prática), sob que regime viveremos nós? Democracia?

  29. Manuel da Costa Soares dos Reis says:

    Este país está descontrolado, roubam por todo o lado, quem havia de dizer que estamos a ser roubados pela EDP,a electricidade é cara , espero que rectifiquem o problema dando o que roubaram, finalmente se metemos o bi horário é para economizar e não para ser roubados, deviam pagar e com juros.

  30. alves says:

    Boa Noite,
    Temos contador bi-horário e nunca fomos informados de nada para alteração do que quer que fosse, nem foi pedido que fosse verificado o que quer que seja.
    Hoje contactei a EDP para questionar o q podia fazer para confirmar a situação do contador e informaram que podia pedir uma verificção ao mesmo, no entanto se o mesmo se encontrasse nas devidas condições seria debitada a deslocação e revisão do mesmo!!, estará isto correcto? Afinal de quem é o contador, meu? Alguém me sabe dizer?

  31. adriano arouca says:

    Eu tenho contrato bi-horário, e nunca pensei estar a ser roubado,ás vezes achava estranho, mas é dificil as pessoas calcularem a electricidade que se gasta, no entanto nos últimos meses,tenho estado a viver em casa dos meus sogros por eles estarem doentes, e só tenho o frigorifico e o cilindro ligado, e os kwh continuam a contar como se tivesse máquinas ou aquecimento ligado,acho estranho, nunca desconfiaria dos contadores, mas algo se passa, vou ter de reclamar,e substituir o contador,estamos num país onde se faz tudo com a maior das impunidades, +e triste mas é o país que temos

  32. António Ferreira says:

    Deixo aqui uma pergunta e agradecia que alguém entendido nesta matéria me possa ajudar. Tenho um contador com cerca de 40 anos,trifásico da JANZ Portugal.Este contador tem 6 dígitos,no ultimo dígito tem uns tracinhos de cima para baixo,que me dá a impressão de décimas.Este último dígito não está separado por vírgula,nem sua casa se encontra a vermelho.Será que este dígito entra na contagem?Eu penso que não,mas um indíviduo que faz contagens disse-me que só não contava se estivesse separado por vírgula ou casa vermelha.Pergunto eu: Então qual o motivo de este dígito ter os tais tracinhos e não estar como os outros ?Desde já os meus agradecimentos por uma resposta concreta.

  33. Observador says:

    Meus caros,

    A EDP, não é séria na relação com os seus clientes.

    Se têm contador bi-horário, verifiquem os registos nos respectivos ciclos. Oxalá não cheguem à conclusão de que vos estão a contabilizar horas em vazio, como horas fora de vazio(cheias).
    Se assim for, preparem-se para toda a confusão informativa, por parte da EDP, e a possibilidade de intervenção no contador sem vosso conhecimento.

    E depois, podem recorrer para a ERSE, que sentados, vão esperar pelas informações da EDP e dar por concluído o processo.

    Parece ficção? vão lá verificar!

    Mais tarde, darei a conhecer todo um processo real, ainda em curso.

    Passem bem.

    Observador

Trackbacks

  1. […] Posted on 28/01/2012 por João José Cardoso Em finais de Outubro publiquei aqui “Tem contrato bi-horário com a EDP? sorria, pode estar a ser roubado” a partir de uma denúncia. Daí para cá a caixa de comentários foi-se enchendo com […]

  2. […] José Cardoso Deixe um Comentário Os jornais descobrem hoje que a DECO descobriu ontem que os contadores da EDP roubam. Desde outubro que podiam ter descoberto, no Aventar. FacebookMaisShare on TumblrEmail Filed […]

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s