Ainda o sabe bem pagar tão pouco, agora explicado à direita dita liberal

Alexandre Soares dos Santos, que ocupa o 512.º posto da lista da Forbes, em 2011, com uma fortuna de 1,65 mil milhões de euros, declarou 1,2 milhões de euros, em 2010, dos quais 520 mil foram pagos às Finanças. Em 2009, a sua fortuna era de 1,015 mil milhões de euros, ou seja, em 2010, o patrão do Grupo Jerónimo Martins enriqueceu mais 635 milhões de euros. O seu vencimento líquido de 2010 (680 mil euros) corresponde a cerca de 0,1% do enriquecimento que teve nesse mesmo ano.

Simples, [os holandeses] têm elevados impostos sobre os rendimentos, altamente progressivos, e baixos impostos sobre os capitais. O que Soares dos Santos vai fazer é pagar os impostos onde eles são mais baixos. O IRS aqui, no Marrocos de cima, e o IRC lá, na terra da justiça fiscal.

Pedro Lains

Comments

  1. jorge fliscorno says:

    As fronteiras que se abriram para que entrassem as gangas e LCD baratos da China são as mesmas por onde o capital se vai. É a vida.

    • gomes says:

      Gostava que explicasse o que é que uma coisa tem a ver com outra.

      • João Sousa says:

        A liberdade de circulação de mercadorias, pessoas e capitais é o pilar da União Europeia. Se vale para uma coisa, também vale para outra.

        É engraçado ver as pessoas a revoltarem-se por causa disto. Se a Jerónimo Martins despedisse gente ou aumentasse preços, era o ai Jesus. Fez aquilo que tinha de fazer de um ponto de visto do negócio, são Judas.

        Preso por ter cão, preso por não ter.

        A responsabilidade das empresas é dar valor aos seus accionistas, não subsidiar políticas redistributivas e distorcionárias de governos descontrolados. Pela minha parte, a Jerónimo Martins tem os meus parabéns. Uma das melhores medidas que já vi.

  2. Konigvs says:

    De repente e ironicamente lembro-me das campanhas que os empresários das grandes empresas nacionais fizeram com do “560” e do “compre português”.

    Antes da passagem do ano estive uns dias perto da fronteira. Gasóleo Galp em Portugal 1,44, o mesmo gasóleo do lado de lá a 1,26. Ah como soube tão bem ser nacionalista e atestar o depósito em Espanha. Como é triste ver todos os postos de combustíveis portugueses junto da fronteira estão encerrados, são centenas de pessoas que foram para o desemprego, e são milhões e milhões de euros que voam todos os meses de Portugal para Espanha.
    E como mais triste ainda ver que aqueles senhores que estão lá em Lisboa a conduzir os destinos do país não sabem nada do que é a vida nem do país real.

  3. saltdaysbg says:

    «nós temos é que olhar para nós, e perguntar: o que é que eu posso fazer pelo meu país?»

    – Alexandre soares dos santos, 7 de Abril de 2011, ‘Retrato do País’, Sic-Notícias.

  4. Luis Loprd says:

    É a primeira vez que aqui entro, e depois de ler, garanto que não volto aqui… É preciso ter muita lata para escrever sobre algo de que nada se percebe. Quem quer que escreveu o texto acima, por favor aprenda qualquercoisita antes de vomitar tanto disparate!


  5. #6 Sinto-me cilindrado com a profundidade do seu comentário. Faça boa viagem. Vai para a Holanda ou para o Luxemburgo?

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.