Entrevista de Umberto Eco – 80 anos de futuro

Nos últimos dias do ano passado, a revista Brasileira Época, do Universo da Globo, publicou uma Entrevista com Umberto Eco, onde, entre outras coisas, o autor e pensador reflecte sobre a Internet e o seu papel como instrumento pedagógico:

PROFESSOR O pensador e romancista italiano Umberto Eco completa 80 anos nesta semana. Ele está escrevendo sua autobiografia intelectual (Foto: Eric Fougere/VIP Images/Corbis

PROFESSOR O pensador e romancista italiano Umberto Eco completa 80 anos nesta semana. Ele está escrevendo sua autobiografia intelectual (Foto: Eric Fougere/VIP Images/Corbis

“A internet é perigosa para o ignorante porque não filtra nada para ele. Ela só é boa para quem já conhece – e sabe onde está o conhecimento. A longo prazo, o resultado pedagógico será dramático. Veremos multidões de ignorantes usando a internet para as mais variadas bobagens: jogos, bate-papos e busca de notícias irrelevantes. “

Leitura obrigatória.

Comments

  1. Fernando says:

    A internet é perigosa, e acreditar no que se ouve nos canais generalistas e jornais de referencia é seguro?
    A internet é só a mais democrática das ferramentas que alguma vez foi inventada, e depois como obriga a interacção (ao contrario das tvs) torna quem a usa mais exigente.
    Umberto Eco está preocupado com ignorantes que não conhecem bem a internet, que a usa só para facebooks e outras “futilidades”. Pois Umberto Eco pode agradecer à internet por milhares desses ignorantes já terem visto o Best of de Passos Coelho! Menos elucidados não ficaram…


  2. A imensidão da informação, pode provocar a inércia das ideias, pela superficialidade do debate. Penso que é este o grande perigo, para o qual Umberto Eco quer alertar!


  3. Oi, eu vejo a reflexão como algo bem actual – ter acesso à informação está longe de ser sinal de conhecimento. A chave da coisa é precisamente essa – transformar informação em conhecimento. Não me parece que o pensador Italiano estava a diabolizar a Net, longe disso. A experiência diz-me que o google está longe de ser o único garante da verdade mundial, isto é, entrar no google e escrever o que se quer não faz de nós bem informados ou, sequer bem formados… Agora, a Web é uma ferramenta nas mãos da Democracia? Claro que sim! Para o bem e para o mal, claro… JP

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.